Publicidade
Paraná Clube

Fernandinho e dirigentes acabam absolvidos

O advogado Itamar Cortes, que defende o Paraná Clube na esfera esportiva, conseguiu ontem uma grande vitória no Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Ele conseguiu a absolvição do meia Fernandinho, do gerente de futebol Alex Brasil e do supervisor Fernando Leite. Em julgamento na 1ª instância do STJD, em15 de agosto, o jogador foi suspenso por quatro jogos e os dirigentes, por 45 dias. As punições ocorreram com base na súmula assinada pelo árbitro Felipe Duarte Varejão, que alegou ter sido ofendido pelos três no jogo com o Vitória, em Salvador.
Em agosto, Itamar recorreu da decisão e conseguiu um efeito suspensivo, anulando provisoriamente a punição até que o recurso fosse julgado. No julgamento de ontem, no Pleno, o advogado comprovou a tese que a súmula não tinha valor, já que o árbitro foi condenado em agosto por ofender os jogadores do Paraná. O árbitro desse jogo e o bandeirinha Maciel Linhares foram denunciados pelo Paraná e, naquele mesmo julgamento, acabaram punidos com suspensão de 30 dias. (SRF)

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES