Fifa cobra Curitiba, mas descarta exclusão de sede da Copa

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, garantiu nesta quinta-feira (22) que não existe a possibilidade de alguma das 12 sedes da Copa do Mundo de 2014 ser excluída. Contudo, admitiu problemas em alguns centros e cobrou Curitiba, onde ainda há muito a fazer. Dos 12 estádios do Mundial, seis ainda não estão prontos.

Na capital paranaense, o estádio será a Arena da Baixada, que receberá quatro jogos da primeira fase da Copa no ano que vem. Segundo o Atlético-PR, 75% das obras da Arena estão concluídas. Contudo, como o clube tem de entregar o estádio até dezembro, o local não terá cobertura retrátil antes da Copa do Mundo.

Não há discussão sobre 11 ou 12 cidades. A Copa será jogada em 12 sedes. Ponto final. São Paulo está indo muito bem, o gramado está lindo. Manaus está avançando e Curitiba ainda tem muito a fazer. Ainda temos alguns meses até dezembro. Pelos menos os três estádios que eu visitei estarão preparados até o dia 1º de janeiro para os eventos testes", disse Valcke.

O Ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, participou nesta semana das vistorias no estádio atleticano e destacou a evolução das obras no estádio.

É a quinta visita que faço nas obras e percebo o avanço e a intensificação das obras. A Arena estará pronta em dezembro e as obras de mobilidade também serão entregues dentro do prazo. A cidade não terá somente a Copa, mas também um grande legado, afirmou o ministro.

O primeiro evento-teste na Arena da Baixada está marcado para o dia 26 de janeiro de 2014.