Dia dos Mortos

Finados: veja a programação nos Cemitérios Municipais da Capital

(Foto: Daniel Castellano/SMCS/Arquivo)

O Dia de Finados, no próximo sábado (2), vai movimentar os cemitérios de Curitiba. Tradicionalmente, a data leva cerca de 200 mil pessoas para os equipamentos públicos e particulares da Capital.

Nos Cemitérios Municipais, uma série de cerimônias celebrará a memória dos mortos. Diversas missas e rodas de oração serão conduzidas nos quatro cemitérios municipais no sábado. Como será um fim de semana, o movimento deve se estender pelo domingo também.

Nos equipamentos municipais, os cemitérios serão abertos no sábado das 7 às 18 horas e no domingo das 9 às 18 horas.

Uma das maiores concentrações deve acontecer no Cemitério Água Verde, com Santa Missa celebrada por dom José Antonio Peruzzo e animada pelo padre Reginaldo Manzotti.

No Cemitério São Francisco de Paula, a Santa Missa terá a celebração pelo bispo auxiliar dom Amilton Manoel.

Particulares
Os cemitérios particulares da Grande Curitiba também se preparam para o receber os visitantes no Dia de Finados. Chuva de pétalas de rosa, revoada de pombos e até show com Elves Presley cover estão na programação.

O Cemitério Vaticano de Almirante Tamandaré, por exemplo, vai promover celebrações desde cedo, mas no final da tarde, vai ter uma apresentação especial e gratuita com o intérprete de Elvis, Rogério Cordoni, a partir das 18 horas.

Outros cemitérios também fazem outras ações para o dia, como missas ecumênicas e apresentações diversas.

Programação de Finados em Curitiba

Cemitério Municipal São Francisco de Paula
10 horas - Santa Missa presidida pelo bispo auxiliar dom Amilton Manoel

Cemitério Municipal Água Verde
11horas - Santa Missa presidida por dom José Antonio Peruzzo e animada pelo padre Reginaldo Manzotti
12horas - Oração pelos fieis defuntos e procissão até a Cruz das Almas
8h às 11 horas – Oração pelas famílias enlutadas por integrantes da Igreja Universal do Reino de Deus, Evangelização Paraná

Cemitério Municipal Boqueirão
9 horas - Santa Missa celebrada pelo padre da Paróquia Nossa Senhora das Vitórias
8h às 12h – Prece ecumênica, livro de orações e fundo musical, distribuição de folders pelos integrantes da Igreja Ecumênica da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo
9h às 16 horas – Distribuição de panfletos pelos integrantes da Igreja Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
15 horas - Santa Missa celebrada pelo padre da Paróquia Nossa Senhora da Visitação

Cemitério Municipal Santa Cândida
9 horas – Santa Missa celebrada pelo padre André Marmilicz da Paróquia Santa Cândida
11 horas – Santa Missa celebrada pelo padre André Marmilicz da Paróquia Santa Cândida
15 horas – Santa Missa celebrada pelo padre Leandro Maeski da Paróquia Santa Cândida
8h às 18 horas – Carrinho com publicações bíblicas e distribuição de revistas dos Testemunhas de Jeová, Congregação Boa Vista
9h às 17 horas – Trabalho evangelístico integrantes da 1ª Igreja do Evangelho Quadrangular
8h às 10 horas – Orações com as famílias, pelos integrantes das paróquias Santo Antônio, do Uberaba e Santa Rita
10h às 12 horas – Orações com as famílias, com integrantes das paróquias Nossa Senhora das Vitórias e Nossa Senhora da Paz
12h às 14 horas – Orações com as famílias, pelos integrantes do Santuário Nossa Senhora do Carmo São Judas Tadeu
14h às 16 horas – Orações com as famílias, pelos integrantes das paróquias Nossa Senhora da Visitação e São Paulo Aposto
16h às 18 horas – Orações com as famílias, pelos integrantes das paróquias Santo Antônio Maria Claret e São José Operário

Floriculturas esperam vendas até 10% maiores
Uma das datas mais movimentadas e tradicionais para as floriculturas brasileiras é o Dia de Finados. Para o segmento a data só perde em volume de vendas para o Dia das Mães, para o Dia dos Namorados e para o Dia Internacional da Mulher. Na Esalflores, maior floricultura do país, a expectativa é de um aumento de 10% nas vendas em comparação ao mesmo período do ano passado.
“Todos os anos nós reforçamos o estoque para a data, nos preparamos e procuramos disponibilizar opções variadas de produtos, com foco nos crisântemos, que são o cachorro-chefe do período, sempre pensando no melhor em qualidade e preço justo. Sem dúvida, quem visitar nossas unidades, vai encontrar inúmeras possibilidades para homenagear as pessoas amadas de várias formas, com alternativas para todos os gostos e bolsos”, completa Bruno José Esperança, diretor geral da Esalflores.
Lojas, supermercados e conveniências também costumam reforçar o estoque de flores e velas nesta época do ano. Da mesma forma, ambulantes também faturam com a data.