Ação integrada

Fiscalização Covid-Aifu em Curitiba fecha mais quatro estabelecimentos no sábado. Foram 26 em dois dias

(Foto: Isabella Mayer/SMCS)

Na operação da Aifu-Covid (Ação de Fiscalização Integrada), realizada em Curitiba na noite de sábado (28/11), as equipes da Prefeitura, PM e Guarda Municipal vistoriaram nove estabelecimentos. Quatro locais foram fechados e notificados por estarem em desacordo com as normas vigentes no município para evitar a propagação no novo coronavírus.

Entre os locais interditados, estão três bares, sendo dois no bairro São Francisco e um no Batel, e um restaurante no Bacacheri. Todos por descumprirem o que prevê o Decreto Nº 1.600/2020, que restringe o funcionamento de bares e casas noturnas, ou a Resolução 1/2020.

A Aifu também notificou cinco estabelecimentos por não atenderem às adequações determinadas pela Resolução 1/2020, que define normas de afastamento, limite do número de pessoas, entre outras medidas necessárias ao combate da pandemia. Entre eles, dois restaurantes no São Fracisco e uma lanchonete no mesmo bairro. No Bigorrilho, duas lanchonetes foram notificadas.

Outros 22 estabelecimentos que haviam sido denunciados pela população se encontravam fechados na chegada dos fiscais.
A fiscalização abrangeu as regiões do São Francisco, Bigorrilho, Batel, Alto da XV e Bacacheri.

Fim de semana
Com as quatro interdições realizadas na noite de sábado, as fiscalizações resultaram no fechamento de 26 estabelecimentos, desde a tarde da sexta-feira (27/11), quando as ações foram intensificadas e 177 locais inspecionados.

Desde então, duas frentes atuam na fiscalização do cumprimento das normas para evitar a aglomerações e a propagação da covid-19: as Aifus-covid e ações da Vigilância Sanitária de Curitiba.

Na tarde da sexta feira, 133 locais foram inspecionados pela Vigilância Sanitária, com o fechamento de uma loja estabelecimentos e fechado uma grande loja de departamento no Centro.

Na sexta-feira à noite, a Aifu-covid vistoriou 23 estabelecimentos no Batel durante a Aifu-covid (Ações de Fiscalização Integradas) e 21 foram interditados por não atender o Decreto 1600/2020. E na manhã deste sábado, Vigilância Sanitária de Curitiba inspecionou outros 12 pontos de comércio, em que foram lavrados dois autos de infração feitas cinco orientações.

Trabalho conjunto
As duas frentes de trabalho são resultado de uma força-tarefa integrada entre Governo do Estado e Prefeitura de Curitiba que intensificou as fiscalizações em locais de aglomeração na cidade e no comércio de todos os bairros, com as Aifus-covid e as inspeções da Vigilância Sanitária de Curitiba.

O objetivo é certificar que todos os estabelecimentos cumpram as regras pela Resolução 01/2020. Com a publicação do Decreto 1.600/2020 nesta sexta-feira (27/11), a fiscalização também atua no cumprimento da regra que determina o fechamento de bares, casas noturnas e atividades correlatas.

As Aifus (Ações de Fiscalização Integradas) são ações diárias e regionalizadas, formadas por equipes da Guarda Municipal e Urbanismo, com Policia Militar, Corpo de Bombeiros, são direcionadas a bares e casas noturnas, em locais com histórico de aglomerações, notadamente bares e regiões que concentram grande número desses estabelecimentos.

A Vigilância Sanitária e Guarda Municipal, por sua vez, realizam ações voltadas para o comércio: restaurantes, lanchonetes, shoppings, galerias, farmácias, supermercados e lojas, principalmente as de departamento.