Publicidade

FMI/Georgieva: em 3 meses, fornecemos auxílio a 72 países

Diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva afirmou nesta segunda-feira, 29, que, durante os últimos três meses, a entidade forneceu auxílio financeiro a 72 países. "E estamos prontos para fazer mais", para apoiar o quadro diante da pandemia de coronavírus, disse ela. A declaração foi dada durante evento do Clube Econômico de Nova York e veiculada em uma das contas oficiais do FMI.

Georgieva considerou que essa crise é "diferente de qualquer outra". Ela destacou que o choque cumulativo na economia neste ano e no próximo será maior para os emergentes, excetuando-se a China, do que para as economias desenvolvidas. Ela mencionou fatores como sistemas de saúde mais frágeis, pior infraestrutura, a grande dependência do turismo no caso de muitos emergentes, e também a dependência de remessas estrangeiras.

Nesse quadro, a comandante do FMI disse esperar que os juros pelo mundo sigam baixos "por um tempo".

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES