Pandemia

Fora da Supercopa, Luiz Adriano treina e vira opção no Palmeiras para a Recopa

O retorno de Luiz Adriano ao comando de ataque do Palmeiras depende apenas do técnico Abel Ferreira. Recuperado da covid-19, o atacante participou normalmente do treino desta segunda-feira e pode ser a novidade diante do Defensa Y Justicia, quarta-feira, no Mané Garrincha, na disputa da Recopa Sul-Americana.

O atacante estava liberado pela CBF para disputar a final da Supercopa do Brasil, diante do Flamengo, mas acabou resguardado pela comissão técnica. Como tinha de embarcar meia-noite para Brasília no dia do jogo, agendado para 11 horas, acabou liberado.

Abel Ferreira achou um sacrifício desnecessário. Mas agora pode recorrer a seu artilheiro, uma vez que não encontrou um homem de área à altura nas duas partidas decisivas dos últimos dias. Rony não se destacou improvisado de centroavante na Argentina, mesmo anotando um gol, e Breno Lopes pouco fez em Brasília no último domingo.

Não por acaso o clube já vem buscando um camisa 9 há algum tempo. Uma exigência de Abel Ferreira. Luiz Adriano não tem um reserva com características semelhantes e, tampouco, uma sombra no elenco.

O goleador chegou em Brasília apenas no domingo à noite. Mas, nesta segunda-feira, mostrou que está bem fisicamente ao participar das duas horas de trabalhos intensos na cidade.

A confirmação da equipe que buscará o título sai nesta terça-feira. O Palmeiras tem vantagem do empate e pode até perder por 1 a 0 que ergue a taça após fazer 2 a 1 na Argentina, gols de Gustavo Scarpa e Rony.