Política em Debate

Frente de esquerda

(Foto: Divulgação)

Pré-candidato do PT à prefeitura de Curitiba, o professor de Direito da Universidade Federal do Paraná, Paulo Opuszka, está propondo a formação de uma frente de esquerda para a disputa na Capital paranaense. A frente, segundo ele, reuniria além do PT, o PDT do deputado Goura Nataraj; o PSOL de Leticia Lanz, e o PC do B de Camila Lanes, todos confirmados como candidatos por seus partidos no último final de semana.

Rejeição
A iniciativa dos petistas, porém, terá dificuldades em vingar. Primeiro, exigiria a desistência de candidatos já confirmados. Além disso, a dúvida é se o PT cederia a cabeça de chapa a um nome de outro partido. E mesmos os partidos de esquerda temem atrair para si a rejeição que a legenda petista acumulou em Curitiba.

O deputado estadual Homero Marchese foi confirmado candidato do PROS à prefeitura de Maringá. O candidato a vice-prefeito será o coronel da reserva da Polícia Militar do Paraná (PM-PR), Marco Fahur (PSC). O PROS confirmou ainda uma chapa completa de vereadores, com 23 candidatos, sendo 16 homens e sete mulheres. O partido encabeça a coligação “Independência para Limpar Maringá”, que contará também com PSC, PV, Republicanos e PTB.

Alternativa
Para Homero, a chapa encabeçada pelo PROS é uma alternativa à atual gestão, que, segundo ele, fez uma Maringá pior para seus moradores nesses quatro anos. Ao mesmo tempo, a candidatura do PROS mantém a independência de grupos políticos que já tiveram seu momento para administrar a cidade.

Oeste
Em Foz do Iguaçu, o Podemos lançou a candidatura do ex-prefeito Paulo Mac Donald Ghisi a à prefeitura local. Mac Donald já exerceu dois mandatos de prefeito. A convenção segue aberta até o dia 16 para escolha do vice-prefeito. Há entendimentos avançados com o PSDB, além de conversações com outros partidos como Progressistas, PL e PTB. Além de integrantes do PSDB, PTB e Progressista, estiveram na convenção lideranças de outros partidos como Patriota e de uma ala do MDB.

Licitação
Um dia após receber um alerta do Tribunal de Contas do Estado do Paraná a respeito de um pregão da Secretaria Municipal de Recursos Materiais de São José dos Pinhais, a prefeitura da região metropolitana de Curitiba decidiu suspender o certame. A medida foi tomada para fins de revisão dos valores máximos estabelecidos no edital - um dos três pontos questionados no documento encaminhado pelo TCE-PR.

Merenda escolar
O alerta foi emitido pela Coordenadoria de Acompanhamento de Atos de Gestão (CAGE), unidade técnica do órgão de controle responsável pela fiscalização preventiva e concomitante das ações praticadas pelos administradores municipais paranaenses. O procedimento licitatório analisado objetiva o registro de preços para a aquisição de kits de merenda escolar destinados aos alunos da rede municipal de ensino.

Bancos
A Câmara Municipal de Curitiba vota hoje projeto que aumenta o valor da multa à agência bancária que descumprir o tempo máximo para o atendimento presencial aos clientes no setor de caixas. Atualmente limitada a cerca de R$ 1,4 mil, a infração pode chegar a R$ 40 mil. Pela lei atual, o tempo limite para o atendimento no setor de caixas é de 20 minutos em dias normais e de 30 minutos em dias de pagamento do funcionalismo, além de vésperas ou após feriados prolongados.