Publicidade
Pandemia

MPT mira em frigoríficos do PR, que somam 477 casos e duas mortes por covid-19

(Foto: Divulgação)

O Ministério Público do Trabalho no Município de Cascavel ajuizou, nesta sexta (05), uma Ação Civil Pública contra a Cooperativa Agroindustrial de Cascavel (Coopavel) para promover o imediato afastamento de todos os empregados e trabalhadores terceirizados dos frigoríficos FRIAVES e FRISUÍNOS pelo período mínimo de 14 dias e posterior testagem dos mesmos. 

O pedido do MPT é motivado pelo alto número de casos de Covid-19 entre os trabalhadores da Coopavel, que, de acordo com relatórios técnicos produzidos pelos órgãos de fiscalização, estão relacionados a falhas na adoção de procedimentos de prevenção à disseminação da doença.A cooperativa é a segunda empresa do ramo frigorífico do estado do Paraná com mais casos confirmados de Covid-19, 118 no total. No Paraná, já são 477 casos confirmados e 2 óbitos entre trabalhadores de frigoríficos. 

Cascavel foi a segunda cidade a registrar mais casos de covid-19 em um dia, segundo boletim da Secretaria de Estado de Saúde, divulgado na sexta (5), com 75 casos em 24 horas, só perdendo para Curitiba, com 86 casos. 

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES