Publicidade
Música eletrônica

Fundador do Kraftwerk, Florian Schneider morre aos 73 anos

Florian Schneider: alemães do Kraftwerk foram pioneiros da música eletrônica, influenciando vários gêneros, como o hip-hop e o rock
Florian Schneider: alemães do Kraftwerk foram pioneiros da música eletrônica, influenciando vários gêneros, como o hip-hop e o rock (Foto: reprodução/You Tube)

Florian Schneider, um dos fundadores do Kraftwerk, morreu aos 73 anos. A informação foi confirmada pela revista Billboard, embora a causa da morte ainda não tenha sido informada. Schneider criou o influente grupo eletrônico nos anos 1970 ao lado de Ralf Hutter. Com discos como "Autobahn" (1974), "Trans Europe Express" (1977) e "The Man Machine" (1978), os alemães foram pioneiros da música eletrônica, influenciando vários gêneros, como o hip-hop e o rock. Multi-instrumentista, Schneider tocava sinterizadores, vocoder, flauta, sax, percussão, violino, guitarra, bateria e ainda fazia vocais para a banda.

O músico deixou o Kraftwerk em 2008, depois de quatro décadas. Ele, portanto, não se apresentou ao lado dos ex-companheiros de banda nos shows que o Krafwerk fez no Rio e em São Paulo em 2009, abrindo a turnê do Radiohead no Brasil.

Com Schneider, o grupo lançou dez álbuns de estúdio, incluindo o aclamado "Autobahn", de 1975, que chegou a ocupar o quinto lugar nas paradas da Billboard mesmo com seu som vanguardista. Em 2014, a banda foi premiada com um Grammy pelo conjunto da obra.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES