Publicidade
Segurança pública

Furto, roubo e violência doméstica caem na ‘quarentena’

Primeiros dias de vacinação foram atípicos: efeito Covid-19
Primeiros dias de vacinação foram atípicos: efeito Covid-19 (Foto: Franklin de Freitas)

O Paraná registrou redução de 35% nas ocorrências criminais na semana passada (de isolamento e mudança de conduta) em comparação com a anterior a ela. Na semana de 16 a 23, em comparação com a semana de 9 a 15, foram registradas 2.094 ocorrências a menos em todo o Paraná com relação aos crimes de furtos e roubos, furtos e roubos de veículos, e violência doméstica.
Os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública são parciais e relacionados ao período de combate à pandemia do coronavírus (Covid-19) no Estado.
Segundo a secretaria, a queda no número de registros de boletins de ocorrência na última semana tem relação direta com a orientação do Governo do Estado para a população ficar em casa durante o enfrentamento à proliferação do coronavírus.
“A população está saindo menos de casa, seguindo as orientações do Governo do Estado e se prevenindo contra o Covid-19, e, com isso, fica menos exposta ao crime, e os oportunistas com menos chance para cometer o ilícito”, disse o secretário estadual da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares.
Apesar da pandemia do coronavírus, as polícias não paralisaram nenhuma atividade e estão trabalhando mais para garantir a segurança pública à população. “As polícias do Paraná continuam seus trabalhos de combate à criminalidade normalmente, ou seja, a Polícia Militar continua com o policiamento preventivo e ostensivo em todas as regiões do Estado, bem como a Polícia Civil não suspendeu nenhuma investigação”, afirmou.
Dentre os crimes contabilizados, a redução pode ser vista ainda em relação a furtos e roubos. O furto reduziu em 36% no período contabilizado (de 3.039 ocorrências para 1.941) e o roubo em 31% (de 898 para 622).

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES