Crise

Gilmar Dal Pozzo pede demissão e deixa o Paraná Clube

Gilmar Dal Pozzo no empate com o Botafogo
Gilmar Dal Pozzo no empate com o Botafogo (Foto: Valquir Aureliano)

O técnico Gilmar Dal Pozzo pediu demissão e deixou o Paraná Clube nesta terça-feira (dia 5), um dia após o empate em casa com o Botafogo-SP, pela 32ª rodada da Série B.

“Comunicamos que o técnico Gilmar Dal Pozzo, o auxiliar Luciano Borges e o preparador físico Walter Grassmann não fazem mais parte da comissão técnica paranista. A decisão foi tomada pelos próprios profissionais e comunicada para a diretoria na manhã desta terça-feira”, informou o clube.

O treinador divulgou um comunicado:


"Por meio desta, comunico meu desligamento do Paraná Clube hoje, terça-feira (05). Deixo meu agradecimento pela oportunidade de estar à frente de um grande e tradicional clube nestes últimos trinta dias. Fui muito bem recebido por funcionários e diretoria, pelo grupo de atletas e, apesar dos resultados, em alguns momentos tivemos desempenho superior aos adversários, números melhores, infelizmente não transformados em gols e vitórias.

Saio em paz e de cabeça erguida porque entreguei meu melhor em cada dia trabalhado, vivendo intensamente e me doando 100%. Como falei na coletiva após o jogo diante do Botafogo-SP, senti a falta da torcida paranista durante meu período no reservado. Por conta da Pandemia, nossos jogos não tinham aquela força conhecida nas arquibancadas que certamente colaborariam com os jogadores em campo.

Um grande abraço e até breve,

Gilmar Dal Pozzo".

Contratado no início de dezembro para substituir Rogério Micale, Dal Pozzo somou uma vitória, um empate e quatro derrotas no comando do Paraná. “Estou muito chateado com os resultados. É meu pior aproveitamento de pontos em toda a história, tanto como técnico como jogador. Nunca fui tão mal”, declarou o treinador, após o empate com o Botafogo, na segunda-feira (dia 4).

O auxiliar-técnico Victor Hugo Annes assume interinamente o comando do Paraná Clube, que volta a campo na sexta-feira (dia 8), contra o Náutico.

Currículo
Dal Pozzo, 51 anos, começou a carreira de treinador em 2008, no Veranópolis (RS). Rodou por clubes do Rio Grande do Sul até 2012, quando assumiu a Chapecoense. Fez história no clube catarinense, conseguindo dois acessos no Campeonato Brasileiro (3º lugar na Série C de 2012 e vice na Série B 2013). Depois rodou por Criciúma, ABC, Náutico, Paysandu, Ceará, Juventude e Brasil-RS.