Publicidade
Futebol

Goiás anuncia que 3 jogadores e 5 funcionários testaram positivo para covid-19

O Goiás revelou nesta quinta-feira que oito funcionários, sendo três jogadores, testaram positivo para o novo coronavírus. O resultado pegou o clube de surpresa, já que o número equivale a 13% dos testados. No entanto, todos estão assintomáticos. Entre os resultados positivos, estão três atletas.

Para os que deram positivo, segundo o clube, as providências serão isolamento, quarentena, acompanhamento diário com questionários sobre sinais vitais, à espera da evolução, além de novas testagens seriadas dos pacientes até a resolução dos casos. Em caso de novos resultados negativos, serão reintegrados ao trabalho em prazo seguro.

Em nota, o Goiás reafirma que está trabalhando em total sintonia com as autoridades governamentais de forma a, com toda a responsabilidade e segurança, colaborar com o retorno às atividades do futebol com a maior segurança possível.

"Realizamos os testes de Covid-19 no início da semana entre atletas e comissão técnica. De 60 amostras coletadas, tivemos oito casos positivos para o vírus. Fizemos dois testes laboratoriais. A união dos dois testes dá um resultado mais fidedigno e detecta mais facilmente e precocemente a infecção. Isso nos permite fazer as orientações de forma mais rápida, preservando ainda mais a saúde dos envolvidos", disse o médico do clube, Bruno Favaron, à TV oficial do Goiás.

TREINO - Apesar de oito funcionários terem testado positivo, o que acabou pegando a diretoria de surpresa, o Goiás seguirá o cronograma de treinos. Nesta sexta-feira, as atividades acontecerão em oito grupos compostos por quatro atletas cada, que treinarão em horários marcados e respeitando distanciamento social.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES