Goleiro do Santos culpa estilo de jogo do time por gol sofrido no Maracanã

O goleiro Everson afirmou que o gol da vitória do Flamengo, marcado por Gabriel, por cobertura, só saiu por causa do estilo do jogo do Santos no qual ele precisa jogar adiantado. Com a vitória por 1 a 0, o time carioca conquistou o título simbólico do primeiro turno do Campeonato Brasileiro e abriu cinco pontos para o time da Vila Belmiro.

"Se eu estivesse embaixo do gol, seria defensável (o chute de Gabriel). Mas temos um estilo de jogo, tenho que jogar adiantado. A gente sabia que jogar aqui era difícil. Tomamos o gol num detalhe", disse o goleiro do Santos, ainda no gramado do Maracanã.

No jogo deste sábado, o Flamengo adotou a pressão na saída de bola em boa parte do tempo. O técnico Jorge Sampaoli insiste para que os zagueiros evitem os "chutões" para não perder a posse da bola. Com isso, zagueiros e até o goleiro são treinados para sempre sair jogando com a bola nos pés. Por essa razão, Everson tem de jogar mais adiantado, fora do jogo, para não perder opção de passes para os defensores. Após a partida, o atacante Gabriel revelou que o goleiro Diego Alves, do Flamengo, disse que Everton costuma jogar adiantado e que essa característica poderia ser aproveitada.

Para o lateral Victor Ferraz, o Santos conseguiu fazer uma partida equilibrada, mas lamenta que o time tenha perdido pontos que estavam praticamente ganhos na briga pelo título do turno. "Acho que foi um grande jogo. Eles jogaram bem, estão confiantes. A gente veio com a proposta de atacar. Eles também não tiveram muitas chances. Vamos nos cobrar, a gente precisa melhorar. Mas fizemos um bom primeiro turno. Vamos fazer um grande segundo turno, quem sabe a gente não pega o Flamengo na última rodada com chance de título, e na Vila Belmiro o bicho pega", diz o capitão do Santos.

O volante Alison acredita que o Santos conseguiu impor seu jogo mesmo jogando no Maracanã. "Eles tiveram apenas uma chance. Nós fizemos um jogo equilibrado, tivemos chances, mas eles conseguiram aproveitar", afirmou o defensor.

Na próxima partida, o Santos recebe o Grêmio na Vila Belmiro - nos últimos dois jogos em casa, o time empatou com Athletico-PR e Fortaleza.