ICMS

Governo do Paraná desiste de aumentar imposto sobre refrigerantes

Refrigerantes: pressão da indústria e de deputados levou governo a retirar projeto de pauta
Refrigerantes: pressão da indústria e de deputados levou governo a retirar projeto de pauta (Foto: Agência Brasil/arquivo)

O governo do Estado desistiu hoje de aumentar de 18% para 29% o Imposto Sobre Mercadorias e Serviços (ICMS) para refrigerantes, bebidas gaseificadas e cerveja sem álcool. A proposta havia sido encaminhada à Assembleia Legislativa no último dia 25, com pedido de votação em regime de urgência. Após pressão da Associação dos Fabricantes de Refrigerantes, além de bares e restaurantes, que apontaram o risco de desemprego no setor, em especial nas pequenas fábricas, o líder do governo na Casa, deputado Hussein Bakri (PSD), anunciou a retirada da proposta da pauta de votação. 

Leia mais no blog Política em Debate