Publicidade
Reajuste zero

Governo do Paraná propõe congelamento dos salários dos servidores até 2021

Centro Cívico: governo alega que lei de socorro federal obriga estados a suspenderem reajustes
Centro Cívico: governo alega que lei de socorro federal obriga estados a suspenderem reajustes (Foto: AENPr/divulgação)

O governador Ratinho Júnior (PSD) encaminhou hoje à Assembleia Legislativa, mensagem que prevê o congelamento dos salários dos servidores públicos estaduais até o final de 2021. No texto, Ratinho Jr alega que a medida é necessária por causa das consequências econômicas da pandemia do Covid-19. O Executivo argumenta ainda que a lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de socorro aos estados exige a suspensão dos reajustes salariais dos servidores.

Em 2019, o governo propôs reajuste de 5,08% para os servidores, parcelado em três vezes. Em janeiro de 2020, foram pagos 2%. Outras duas parcelas de 1,5% estavam previstas para serem pagas em janeiro de 2021 e janeiro de 2022. Caso a nova proposta seja aprovada, a segunda parcela seria suspensa.

Leia mais no blog Política em Debate

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES