Publicidade
No Paraná

Governo espera criar 10 mil empregos com obras em escolas

O Governo do Estado investiu R$ 200 milhões na infraestrutura da rede estadual de ensino no primeiro semestre de 2013. A expectativa é de que, até o fim do ano, os investimentos cheguem a R$ 500 milhões em construções e reformas, o que resultaria na criação de 10 mil empregos diretos e outros três mil indiretos.

As informações foram divulgadas na tarde desta terça-feira (30) pela Agência de Notícias do Paraná (ANPR). Em entrevista, o governador Beto Richa (PSDB) comentou que mesmo antes de ficarem prontas, as obras de construção e reformas já beneficiam muitas famílias.

Obras que utilizam recursos descentralizados, que têm valores de até R$ 150 mil, geram em torno de quatro empregos diretos por projeto. Até o fim de 2013, 500 escolas estaduais farão alguma intervenção de reforma ou manutenção utilizando verbas repassadas pelo governo. São R$ 75 milhões que vão gerar 7.500 empregos.

Obras maiores, como construção de escolas novas, ampliações e grandes reformas, empregam diretamente 1.180 trabalhadores, além de outros três mil postos de trabalho indiretos. Segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV), para cada R$ 10 milhões investidos na construção civil são gerados até 240 postos diretos e 120 indiretos.

As obras na área de educação ajudam a movimentar a economia local. Para a utilização de recursos descentralizados, a orientação é que a aquisição de materiais e serviços seja feita no comércio da cidade, por meio de licitação, gerando renda na comunidade atendida pela escola.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES