Publicidade
Velocidade

GP das Américas de MotoGP nos EUA é adiado por causa da pandemia do coronavírus

A MotoGP anunciou, nesta sexta-feira, o cancelamento do Grande Prêmio das Américas, em Austin, no Texas, por causa da pandemia coronavírus. A prova havia sido inicialmente adiada para 15 de novembro, como parte de uma rodada tripla com Argentina e Valência.

Mas o número de casos da covid-19 na região fizeram os organizadores desistirem do evento. Na quinta-feira, o estado texano registrou 10.709 novos casos da doença (240.255 no total), o maior número diário desde o início do surto.

"O momento atual, infelizmente, nos obriga a cancelar o evento", afirmou a MotoGP, em um comunicado. O mesmo circuito recebe a corrida de Fórmula 1, prova que ainda está incerta no calendário desta temporada da principal categoria do automobilismo.

Com o cancelamento do GP das Américas, restam apenas três provas em aberto na temporada da MotoGP: Argentina, Tailândia e Malásia. A prova americana é mais uma das canceladas, ao lado de Catar, Holanda, Finlândia, Alemanha, Japão, Austrália e Itália.

No mês passado, a MotoGP anunciou um novo cronograma com 13 provas começando em 19 de julho em Jerez, com o GP da Espanha.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES