Publicidade
Alerta

Grande Curitiba registra seis mortes de macacos por febre amarela

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou 30 novas epizootias em macacos no Paraná, somando 83 mortes de animais contaminados pelo vírus da febre amarela. Os dados são do boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (19). “Quando um macaco morre por febre amarela, indica que o vírus está presente naquela região. Portanto, é necessário uma atenção redobrada e a importância da vacinação deve ser reforçada para toda a população”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

As novas epizootias foram registradas nos municípios de Araucária (1), Balsa Nova (2), Lapa (2), Piên (1), São João do Triunfo (2), Mallet (6), Rio Azul (2), Campina do Simão (1), Prudentópolis (1), Turvo (1), Antônio Olinto (6) e São Mateus do Sul (5).
Rio Azul, Campina do Simão e Turvo ainda não tinham casos confirmados de mortes de macacos por febre amarela.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES