Coronavírus

Greca descarta lockdown, mas defende isolamento: ‘a vida vem antes do emprego’

Greca: "Esse vírus mata. Fiquem em casa”
Greca: "Esse vírus mata. Fiquem em casa” (Foto: reprodução/Facebook)

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca (DEM), descartou a adoção de um “lockdown” contra o coronavírus, mas defendeu as medidas de isolamento social criticadas pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “Eu compartilho a angústia do presidente da República com a possiblidade de colapso econômico da sociedade brasileira. Mas eu lembro que os empregos só serão necessários se a gente estiver vivo. A vida vem antes do emprego. É muito importante haver medidas de contenção social agora”, afirmou Greca, ontem, em entrevista à CNN.

Leia mais no blog Política em Debate