Eleições 2020

Greca é reeleito prefeito de Curitiba no 1º turno com quase meio milhão de votos

Greca (DEM): 95,12% das urnas apuradas, o prefeito tem 475.889 votos
Greca (DEM): 95,12% das urnas apuradas, o prefeito tem 475.889 votos (Foto: Franklin de Freitas)

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca (DEM) foi reeleito no domingo (15), no primeiro turno, com 499.821 votos, ou 59,74% dos votos válidos. Em segundo, o candidato do PDT, deputado estadual Goura, com 110.977 votos, ou 13,26%% dos votos válidos, seguido do candidato do PSL, deputado estadual Fernando Francischini, com 52.340 votos, ou 6,26% dos votos válidos.

Logo após a vitória, Greca agradeceu o apoio dos seus eleitores. "Foi um ano em que fomos fustigados por uma pandemia, uma campanha difícil com adversários que usavam o desaforo na proporção da ausência de argumentos, mas agradeço a cada um de vocês que ergueram nossa gestão ao patamar de reconhecimento de termos a alegria de sermos o primeiro prefeito eleito proclamado nesta noite", avaliou.

Greca irá comandar a Prefeitura de Curitiba pela terceira vez. "É com imensa alegria que assumo pela terceira vez a obrigação de navegar comigo em todas as necessidades, energias, alegrias e dores de nossa amada Curitiba", comentou.

O prefeito disse ter encontrado muitas dificuldades devido à pandemia. "Nenhuma eleição é fácil, é muito pesado, é um processo de tensão, envolvimento e percepção da população, ela foi singular, pois não tivemos reuniões, comícios, o corpo a corpo com as pessoas, poucas visitas simbólicas em casa de famílias, foi uma caminhada penosa", disse.

Sobre sua campanha, Greca disse que o município tinha muitos trabalhos realizados e com isso conquistou o reconhecimento da população. "Fiquei feliz com a qualidade da campanha, pois tínhamos grande folha de serviços e tínhamos o que mostrar em um imenso plano de governo com 250 propostas", avaliou.