Publicidade
Histórico

Green Day mostra que está muito mais que vivo em show

Green Day mostra que está muito mais que vivo em show

"Estamos vivos", gritou Billie Joe Armstrong, vocalista e guitarrista do Green Day, em um dos vários momentos altos da banda em show histórico na Pedreira Paulo Leminski, em Curitiba. na noite deste domingo (5) para 15 mil pessoas. A apresentação deixou claro que a banda está mais que viva, está ainda no auge e em uma sintonia com os fãs que poucos grupos de rock conseguem manter. Foram quase três horas de show com praticamente todos os sucessos das mais diferentes épocas e de bônus algumas raridades que surpreenderam os fãs.

Foram seis músicas que raramente a banda toca: Armatage Shanks, J.A;R, F.O.D, Nice Guys Finish Last, Waiting e SCATTERED. Entre os sucessos, o público curitibano foi à loucura com Basketcase, Jesus of Suburbia e When I Come Around.

Veja a galeria de fotos do show do Green Day em Curitiba 

Green Day surpreende fãs. Veja o vídeo

Billie Joe, o baixista Mike Dirnt e o baterista Tré Cool mostraram que já não são só roqueiros, mas 'showmen', que interagem o tempo todo com o público, pedem palmas, gritos, atiram camisetas para o público e em três momentos chamam fãs da plateia para inteargir. Foi o caso do menino de 13 anos, Sérgio, que subiu ao palco, para tocar Knowledge na guitarra e ainda levou o instrumento de presente a pedido de Billie Joe.

Houve bastante espaço para protestos políticos, contra Donald Trump, as redes sociais e alienação. Após o sucesso American Idiot, aliás a plateia emendou um sonoro Fora Temer, como virou costume nos concertos musicais pelo Brasil. "Eu não entendo o que falam, mas eu posso sentir", brincou Billie Joe. O vocalista também reforçou que naquela noite não existia espaço para o racismo e a homofobia.

Atualmente, a banda está em turnê de divulgação de seu álbum mais recente, Revolution Radio, lançado no início de outubro de 2016 pela Reprise Records e que estreou no 1º lugar da Billboard 200. O álbum conta com os hits Bang Bang, 10ª música da banda a alcançar o topo das paradas, e Still Breathing, que também alcançou o Top 10. A Revolution Radio Tour iniciou em 1º de março de 2017 em Phoenix, Arizona, e vem rodando o mundo desde então.

 

 O álbum Revolution Radio foi elogiado pela Alternative Press: o álbum mais crítico e intenso do Green Day em anos, pela Entertainment Weekly: O álbum mais direcionado da banda em anos, pelo LA Times: um belo de um novo disco de punk, pelo Nylon: o disco entrega, em termos de música e letras, uma energia incontrolável com a quintessência do Green Day, pelo Q: Revolution Radio é o Green Day de volta ao seu melhor, pelaRolling Stone: o álbum reflete décadas de sabedoria musical e emocional acumulada e pelo USA Today: um revigorante retorno ao auge.

A turnê pelo Brasil ainda passará por Porto Alegre, nesta terça (7). 

 

 

DESTAQUES DOS EDITORES