Publicidade

Guarani e Renê Simões fazem reunião, mas não chegam a acordo

Em negociação, o Guarani e o técnico Renê Simões fizeram longa reunião nesta quinta-feira, mas não chegaram a um acordo. A reunião, que poderia selar a contratação do treinador de 66 anos, acabou em impasse em razão dos valores envolvidos no acerto.

"A diferença é pequena, que facilmente dá para acomodar. Mas quero algumas condições para trabalhar com tranquilidade, podendo dar total garantias aos jogadores que são os personagens que resolvem dentro de campo", comentou Simões, sempre de forma elegante.

O novo presidente do Conselho Administrativo (CA), Ricardo Moisés, que assumiu a função nesta semana, evitou comentar detalhes, mas confirmou que está confiante num acordo. Antes, porém, quer levar o assunto à apreciação de todo o CA, formado por sete membros.

Inicialmente, antes da conversa com o dirigente, Renê Simões conheceu todas as instalações do clube ao lado de Estevam Soares, novo coordenador de futebol. "Saí com o Estevam pelo clube olhando tudo e pontuando as coisas que devem ser feitas. A recuperação do time passa por diversos itens que foram expostos por mim aos dirigentes", completou Simões.

Enquanto o acordo ainda não acontece, o auxiliar técnico fixo, Thiago Carpini, segue no comando interino. Ele já dirigiu o time nas duas últimas rodadas, perdendo por 3 a 2 para o América-MG, em Belo Horizonte (MG) e ganhando por 1 a 0 do Londrina, em Campinas.

Carpini já está confirmado no comando diante do Figueirense, no sábado, às 16h30, no estádio Orlando Scarpelli, em mais um duelo direto na luta contra a zona de rebaixamento. O Guarani ainda é o lanterna com apenas 16 pontos.

O Guarani começou a disputa da Série B com Vinícius Eutrópio e depois teve Roberto Fonseca. Enquanto o terceiro comandante não é definido o departamento de futebol busca reforços. Dois nomes, inclusive, devem ser oficializados na próxima semana: o atacante Nando, ex-Botafogo-PB, e o volante Felipe Guedes, rebaixado com o ABC-RN na Série C.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES