Publicidade
Investigação em andamento

'Há grande possibilidade' de uso de droga ter causado morte de estudante em festa eletrônica

(Foto: Facebook)

A Polícia Civil do Paraná deu início nesta segunda-feira (17 de fevereiro) às investigações para esclarecer o que teria causado a morte da estudante universitária Larissa Rodrigues de Campos, de apenas 20 anos. A jovem faleceu na tarde deste sábado, no Hospital Cajuru, após passar mal durante uma festa eletrônica chamada Carnavibe, que acontecia em um espaço no Prado Velho, em Curitiba.

De acordo com a delegada da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Camila Cecconello, ainda não há muitas informações sobre o caso. Ainda assim, ela afirmou em entrevista que "existe uma grande possibilidade" de o consumo de droga, no caso o ecstasy, ter sido o que levou a estudante a falecer - ela teve uma parada cardíaca.

Confira a reportagem completa no blog Plantão de Polícia

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES