Publicidade
Esporte

Hamilton larga na pole do GP dos EUA e fica próximo do penta na F-1

Hamilton larga na pole do GP dos EUA e fica próximo do penta na F-1
(Foto: Reprodução/TV)

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Em condições de ser campeão neste domingo (21), o inglês Lewis Hamilton vai largar na primeira posição depois de cravar o melhor tempo nos treinos para o GP dos EUA de F-1. A volta mais rápida do classificatório rendeu o recorde da pista de Austin e foi completada em 1min32s237. Para ficar com o quinto título da carreira, o pole position precisa vencer a prova e torcer para Sebastian Vettel não ficar com o segundo lugar.

O rival foi somente quinto na classificação porque foi punido com a perda de três posições. Lewis Hamilton é o líder do campeonato com 331 pontos e venceu 9 corridas neste ano. O segundo colocado é Sebastian Vettel com 264 pontos conquistados e 5 vitórias.

Considerável parte da diferença ocorre porque Sebastian Vettel coleciona erros nesta temporada. Neste final de semana, ele protagonizou mais um. O alemão perdeu três posições no grid de largada por não respeitar o limite de velocidade durante uma bandeira vermelha no primeiro treino livre.

Vettel reclamou da punição justificando que desacelerou bastante, mas os comissários avaliaram que o piloto demorou muito para agir. Esta é a 18ª prova da temporada de Fórmula 1. Ainda restam as etapas do México, Brasil e Abu Dhabi. A largada do GP dos EUA de F-1 está marcada para este domingo às 15h10 (horário de Brasília.

VERSTAPPEN FICA NO Q2

O holandês Max Verstappen não passou do Q2 por causa de um problema na suspensão traseira. Ele abriu demais em uma curva e a roda traseira direita passou por cima de uma lombada. Na mesma hora o pneu vibrou por causa da suspensão avariada.

O episódio aconteceu ainda no Q1, mas como o piloto já havia registrado tempo avançou. Ocorre que os mecânicos não tiveram tempo hábil para arrumar o carro e Verstappen sequer saiu dos boxes. O holandês vai largar na 15ª posição.

O espanhol Fernando Alonso foi ainda pior e nem passou do Q1. Ele vai começar a corrida deste domingo na 16ª posição. O piloto largar atrás não é novidade porque o carro não está bem desde a temporada passada.

DESTAQUES DOS EDITORES