Publicidade
Obsceno e inusitado

Homem é denunciado por fazer sexo em cemitério após aposta num bar

(Foto: Prefeitura de Ibiporã)

Um caso inusitado está sendo tratado pela Justiça de Ibiporã, na região norte do Paraná. Recentemente o Ministério Público (MP) denunciou um homem por fazer sexo no cemitério da cidade com uma moradora de rua. Em depoimento à polícia, ele disse que havia tomado 'muita pinga' e que ato obsceno foi resultado de uma aposta feita num bar.

O homem de 41 anos relatou que estava com a andarilha nesse estabelecimento quando apostou com outros clientes que faria sexo com a mulher no ccemitério. O que ele não imaginava era que o fato, ocorrido no dia 18 de fevereiro, acabaria filmado por populares, se espalhando rapidamente por grupos de WhatsApp e chegando ao conhecimento da Polícia Civil.

Finalmente identificado, o suspeito prestou depoimento em 9 de julho e disse ter "ingerido muita pinga" no dia do fato. Sobre as filmagens, explicou só ter notado que estava sendo gravado após o fim da relação sexual.

Na denúncia apresentada à Justiça, o Ministério Público pede que o homem seja processado por praticar ato obsceno em lugar público, crime cuja pena varia de três meses a um ano de detenção, além do pagamento de multa.

A mulher com quem o suspeito manteve relações sexuais ainda não foi identificada pela polícia.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES