Em Ponta Grossa

Homem que matou a ex-mulher a facadas no Paraná é condenado a mais de 18 anos de prisão

(Foto: Reprodução/ RPC)

Em júri popular realizado nesta terça-feira em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, um homem chamado Marcelo Ávila foi condenado a 18 anos e oito meses de prisão. Ele assassinou a ex-mulher Luciane Ávila a facadas em dezembro de 2019, atacando a vítima quando ela chegava jnto do filho de oito anos para trabalhar em uma escola da cidade.

Ávila foi considerado culpado pelo júri dos crimes de homicídio triplamente qualificado, com as qualificadoras de meio cruel, recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio. Além disso, ele também foi condenado a outros 6 meses e 22 dias em regime semiaberto pelos crimes de lesão corporal e submissão de criança a constrangimento.

O homem, que está preso no Complexo Médico Penal de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, participou do julgamento por vídeoconferência. Ele tentou se justificar dizendo que estava em depressão e que não lembra do crime e também afirmou estar arrependido.