Iêmen confirma primeiro caso de coronavírus

O Iêmen confirmou o primeiro caso de coronavírus nesta sexta-feira, 10, um dia após a coalizão liderada pela Arábia Saudita ter lançado um cessar-fogo temporário no país devastado pela guerra.

"O indivíduo está estável e recebe atenção médica", twittou o supremo comitê nacional de emergência do Iêmen.

A Reuters informou que o caso foi diagnosticado em um cidadão iemenita que trabalha no sul do país.

A Arábia Saudita anunciou seu cessar-fogo no início desta semana, dizendo que interromperá as operações militares por duas semanas a partir de quinta-feira para abrir o caminho para o diálogo e afastar a crise de coronavírus no país.

Os houthis, um grupo rebelde aliado do Irã, ainda não concordaram em retribuir a cessação das hostilidades.