Publicidade
Quadrinhos

Ilustrador ironiza e quer chamar Crivella para promover livro

O ilustrador britânico Jim Cheung – um dos autores da HQ ‘Vingadores: A Cruzada das Crianças’, quadrinho que foi a preocupação central do prefeito do Rio durante o fim de semana da Bienal do Livro – usou seu Instagram para comentar o ocorrido. “Foi com grande surpresa que soube que o prefeito do Rio de Janeiro decidiu banir as vendas do meu livro (com Allan Heinberg), supostamente por conter material impróprio”, disse Cheung. “Eu não sei o que causou o prefeito a perseguir um trabalho de uma década atrás, que já está à venda há muitos anos, mas posso dizer honestamente que não houve nenhuma motivação escondida ou agenda para promover qualquer estilo de vida, nem mirar uma única audiência”, prosseguiu o ilustrador. “Eu deveria contratar o prefeito do Rio de Janeiro para promover meu próximo livro”, disse ele em um comentário na rede social. “Espero que o belo povo do Brasil, a nação orgulhosa e maravilhosamente diversa, veja através desse ‘barulho’ político e foque na luz, e em jeitos de se unir, em vez de ajudar a costurar os fios do conflito e da divisão”, concluiu o artista.


Nas Redes Sociais

Ana Hickmann comemora absolvição de cunhado: ‘Justiça foi feita’

A quinta Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) negou ontem, por unanimidade, 3 votos a 0 apelação do Ministério Público de Minas Gerais contra a absolvição do cunhado de Ana Hickmann, Gustavo Henrique Belo Correia, acusado de matar um fã da apresentadora que invadiu o quarto do hotel em que ela se hospedava em maio de 2016. Na prática, foi confirmada a absolvição do cunhado de Hickmann, ocorrida de forma sumária em primeira instância, depois da justiça entender que Correia agiu em legítima defesa. Caso a apelação fosse acatada, o cunhado da apresentadora poderia ir a júri popular. Ana Hickmann usou suas redes sociais para comemorar a decisão. “Meu Deus, muito obrigada! 3 a 0! Legítima defesa! Mais uma vez a Justiça foi feita!”, escreveu a apresentadora.


Najila

Mulher que acusou Neymar de estupro é indiciada por 3 crimes
A modelo Najila Trindade Mendes de Souza foi indiciada ontem pela polícia de São Paulo por fraude processual, denúncia caluniosa e extorsão. Em maio deste ano, ela fez um boletim de ocorrência onde acusava o jogador por estupro ocorrido no dia 15 de maio, em Paris. O caso ganhou grande repercussão, mas acabou arquivado em julho. Najila foi indiciada após a conclusão de dois inquéritos na polícia de São Paulo. Os inquéritos seguem em segredo de justiça. A defesa de Najila disse estranhar o indiciamento neste momento, mas que ainda não teve acesso aos autos e que não se manifestaria.


Camila Mendes

Atriz conta que sofreu agressão sexual na faculdade
Camila Mendes, da série ‘Riverdale’, falou em entrevista para a Women’s Health sobre os tempos difíceis que viveu antes de se tornar uma atriz de sucesso. Hoje aos 25 anos, ela contou que sofreu abuso sexual no início da faculdade. Após deixar uma escola preparatória na Flórida, a transição de Camila para a graduação de artes na Universidade de Nova York foi difícil. “Eu tive uma experiência muito, muito ruim. Fui drogada por alguém que me agrediu sexualmente”, contou a atriz. “Isso me deixou em uma confusão interna”, disse. Ela relata que contou com o apoio de um amigo do ensino médio, que estava na mesma universidade que ela, para lidar com a questão. “Pelo menos eu o tinha - ele estava lá e isso tornou tudo ótimo”, disse.


Níver do dia

Franz Beckenbauer
Ex-futebolista alemão
74 anos

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES