Publicidade

Índice alemão Ifo de sentimento das empresas atinge menor nível desde 2012

O índice de sentimento das empresas da Alemanha caiu de 95,8 pontos em julho para 94,3 pontos em agosto, atingindo o menor nível desde novembro de 2012, segundo pesquisa divulgada hoje pelo instituto alemão Ifo. O resultado ficou bem abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam queda do indicador a 95,1 pontos neste mês.

O chamado subíndice de expectativas econômicas do Ifo diminuiu de 92,1 pontos em julho para 91,3 pontos em agosto, tocando o menor patamar em mais de dez anos. Já o subíndice de condições atuais diminuiu de 99,6 para 97,3 pontos no mesmo período.

"As rugas de preocupação dos CEOs alemães estão ficando mais profundas", comentou o Ifo, referindo-se aos presidentes executivos de empresas do país. O instituto acrescentou que há indicações cada vez maiores de uma recessão na Alemanha.

Recentemente, dados oficiais mostraram que o Produto Interno Bruto (PIB) alemão sofreu contração de 0,1% no segundo trimestre de 2019 ante os três meses anteriores.

A pesquisa mensal do Ifo envolve cerca de 9.000 empresas dos setores de manufatura, serviços, comércio e construção. Com informações da Dow Jones Newswires.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES