Inspirado, Lukaku faz gol-relâmpago, Inter de Milão vence e dispara na liderança

Depois de atropelar o arquirrival Milan na rodada anterior, a Inter de Milão confirmou o favoritismo diante do Genoa e superou o adversário com facilidade. Em casa, no Giuseppe Meazza, a equipe treinada por Antonio Conte venceu por 3 a 0 e ampliou a vantagem na liderança do Campeonato Italiano. Lukaku, Darmian e Aléxis Sanchez marcaram os gols da tranquila vitória.

A Inter de Milão tomou a liderança das mãos do Milan há duas rodadas e embalou rumo ao título italiano. O time nerazzurri engatou o quinto triunfo consecutivo, foi aos 56 pontos e abriu sete de frente para o rival rossonero, que entra em campo neste domingo contra a Roma. O Genoa é o 12º colocado, com 26 pontos.

Em campo, a Inter foi dominante nos dois tempos e controlou o jogo à sua maneira. Praticamente não viu o rival atacar e jogou para construir um placar ainda maior, que só não aconteceu graças à grande atuação do goleiro Perin. Os anfitriões permaneceram no ataque em boa parte da partida e não deram margem para o azar.

Na etapa inicial, a Inter entrou ligada, disposta a disparar na liderança em busca do 19º título italiano, e abriu o placar com um gol-relâmpago. Lukaku recebeu de Barella, disparou em direção ao gol e arrematou da entrada da área no canto direito de Perin, estufando as redes aos 33 segundos.

Artilheiro do torneio, o atacante belga deu muito trabalho para a defesa adversária e ainda fez o goleiro trabalhar em mais três ocasiões. O argentino Lautaro Martinez também quase marcou em linda puxeta defendida pelo arqueiro do Genoa, um dos melhores em campo.

No segundo tempo, a equipe de Antonio Conte definiu a vitória com mais dois gols em um intervalo de oito minutos. Aos 23, Lukaku fez boa jogada na entrada da área, atraiu a marcação de três adversários e encontrou Darmian livre na direita. O lateral bateu de primeira e ampliou.

Melhor em campo, o belga também participou do terceiro gol. Após cruzamento de Perisic, ele arrematou para a defesa de Perin. Na sobra, Sánchez mandou de cabeça para o fundo das redes e definiu o triunfo. O gol levou cerca de um minuto e meio para ser referendado pelo VAR, que atestou que não houve impedimento no lance, ao contrário do que havia sido marcado pelo assistente. Perin ainda apareceu ao menos mais duas vezes para evitar um massacre em Milão.

Também neste domingo, a Atalanta derrotou a Sampdoria por 2 a 0 fora de casa, engatou o terceiro triunfo seguido na liga italiana e subiu para o quarto lugar, com 46 pontos, deixando a Roma para trás e colando na Juventus. Em outros jogos já encerrados, o Cagliari derrotou o Crotone por 2 a 0 e a Udinese superou a Fiorentina pelo placar mínimo.