Instituições apresentam demandas de educação para candidatos

O pré-candidato à Presidência da República, Sérgio Moro, quer a parceria das instituições representativas do setor educacional para construir a base de seu projeto de governo voltado à educação. Ele, que é filho de um casal de professores, afirma reconhecer o essencial papel desempenhado pelas instituições de ensino na formação dos cidadãos e ainda ressalta que as organizações filantrópicas do setor precisam de incentivos, marcos regulatórios consistentes e menos burocracia para atuar no Brasil.

De acordo com o pré-candidato, o governo precisa ser um "parceiro facilitador" da expansão do ensino de qualidade e acessível aos cidadãos, seja público, privado, comunitário, ou confessional. "A educação estará no centro do nosso programa de governo. Temos um time construindo um programa de governo robusto nessa área, por isso, peço que nos enviem as contribuições de vocês", afirmou Sérgio Moro, que inaugurou o "Ciclo de Diálogos com Presidenciáveis sobre a Educação", organizado pelo Fórum de Presidentes do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (CRUB), nesta terça-feira (15), em Brasília.

Durante o encontro de três horas na sede do CRUB, os Presidentes das Associações integrantes do Fórum e das instituições de ensino contextualizaram sua análise sobre o setor educacional brasileiro aceitaram o convite em apresentar à equipe de Moro sugestões de iniciativas políticas e de gestão em prol do desenvolvimento da Educação.

Ciente da importância do setor de educação privada no Brasil, Moro ressaltou seu orgulho de ter frequentado o Colégio Santa Cruz, a primeira escola particular de Maringá (PR) fundada pelas Irmãs Carmelitas da Caridade de Vedruna, que em 1952, vieram da Espanha para o Brasil.

Acompanhado da esposa Rosângela, do general Santos Cruz e de assessores da campanha, Moro afirmou que pretende se reunir novamente com o Fórum de Presidentes do CRUB para apresentar seu plano de governo para a área educacional.

O "Ciclo de Diálogos com Presidenciáveis sobre a Educação" é uma articulação das Associações Representativas da Educação, entre elas: Associação Brasileira de Instituições Educacionais Evangélicas (ABIEE); Associação Brasileira das Instituições Comunitárias de Educação Superior (ABRUC); Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM); Associação Catarinense das Fundações Educacionais (ACAFE); Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC); Associação Nacional das Universidade Particulares (ANUP); Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (COMUNG); Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (CRUB); Fórum das Faculdades Comunitárias (FORCOM). Em algumas rodadas o grupo contará com a participação da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES) e Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo (SEMESP).

Estão previstos dois debates mensais durante todo o primeiro semestre com os presidenciáveis. Os encontros serão realizados no Auditório do CRUB.



Website: https://anec.org.br/