Publicidade
Gente de bem

Instituto Legado lança 7ª edição de programa

Contemplados na sexta edição do programa, em 2018
Contemplados na sexta edição do programa, em 2018 (Foto: Divulgação)

O Instituto Legado de Empreendedorismo Social lançou na última quinta-feira a sétima edição do Projeto Legado, programa gratuito de aceleração de iniciativas de impacto social e ambiental positivos que desde 2013 já apoiou mais de 160 organizações de todo o país.

A versão 2019 prevê seleção de 30 empresas ou projetos de todo Brasil, tendo como grande novidade a destinação de até cinco vagas para startups sociais, que são negócios em fase inicial, com potencial de escala e que tem a atuação socioambiental como propósito primordial. Interessados têm até o dia 10 de fevereiro para baixar o edital e se inscrever pelo site institutolegado.org.

O pré-requisito mínimo para concorrer ao edital é ter como prioridade a geração de impacto social ou ambiental positivo e já estar com atividades em funcionamento. Não são aceitas inscrições de projetos vinculados ao poder público ou a partidos políticos. Não é necessário formalização jurídica, mas é importante que os candidatos tenham interesse em consolidar e rentabilizar suas ideias e amadurecer aspectos organizacionais ao longo do programa a fim de conquistar sustentabilidade financeira.

“A saúde financeira tem se mostrado um grande obstáculo para iniciativas de impacto social e, por isso, o Instituto Legado tem como missão fomentar a visão de negócio e dar ferramentas para que essas organizações sejam cada vez mais autônomas e tenham condições de ampliar seu legado no mundo”, comenta Julyanna Costa, Gestora do Instituto Legado.

Uma das novidades do edital deste ano é abertura de vagas para startups, que vão passar por um projeto piloto de incubação. Assim, além de fortalecer a visão empreendedora e de autonomia financeira para impacto social, o Instituto Legado visa encorajar o diálogo com a tecnologia em busca de soluções para o Brasil e o mundo.

“A tendência do uso de tecnologias modernas - como a inteligência artificial e a nanotecnologia - para solução dos grandes problemas locais e globais - é uma demanda que pretendemos incentivar cada vez mais como estratégia de ampliação de impacto”, comenta James Marins, presidente e fundador da aceleradora social.

Resultado das contempladas será anunciado ao final do ano
As selecionadas serão beneficiadas com um cronograma anual de capacitações envolvendo aspectos gerenciais e jurídicos a fim de fortalecer a organização e proporcionar a ampliação de suas atividades. Ao final do processo, as participantes passam por uma banca avaliadora e têm a chance de disputar três investimentos financeiros de R$ 10 mil cada, além de horas de mentoria.
O resultado do Prêmio Legado de Empreendedorismo é anunciado durante o Legado Experiência, celebração que ocorre ao final do ano e reúne todo o ecossistema de impacto em Curitiba. A última edição reuniu cerca de 500 pessoas no Teatro Guaíra. Durante a história do programa, 18 instituições já foram beneficiadas com o prêmio em dinheiro. As startups que vierem a participar do PL 2019 não terão direito a concorrer ao prêmio.

Serviço
7ª edição do Projeto Legado
Realizador: Instituto Legado de Empreendedorismo Social
O que é: Um programa gratuito de aceleração de iniciativas de impacto social e ambiental positivos. Em 2019, 30 projetos serão selecionados, com cinco vagas para startups
Quem pode participar: Iniciativas que tenham como prioridade a geração de impacto social ou ambiental e que já estejam em funcionamento. Não são aceitas inscrições de projetos vinculados a partidos políticos ou ao poder público.
Inscrições: Devem ser feitas pelo site do Instituto Legado. No ato da inscrição, além de preencher um formulário, os candidatos deverão gravar um vídeo de apresentação de até dois minutos.
Prazo: 10 de fevereiro
Instagram: @instituto.legado
Site: https://institutolegado.org/

DESTAQUES DOS EDITORES