Publicidade

Intenção de consumo das famílias sobe 0,3% em setembro ante agosto, diz CNC

Os brasileiros ficaram mais propensos às compras em setembro, de acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) cresceu 0,3% em relação a agosto, o segundo avanço consecutivo, alcançando 92,5 pontos. Em relação a setembro de 2018, o indicador está em patamar 6,4% superior.

Na passagem de agosto para setembro, os dois componentes com melhor desempenho foram o de Compras a Prazo, com alta de 2,2%, e o de Perspectiva de Consumo, com aumento de 1,1%.

Os dados da pesquisa reforçam a expectativa de aumento do consumo e das vendas do comércio, com as famílias considerando tomar empréstimos para fazer compras, segundo o economista Antonio Everton Junior, da CNC.

"As pessoas entenderam que o acesso ao crédito está mais fácil", avaliou Everton Junior, em nota oficial.

Em setembro, 39,7% das famílias declararam que o horizonte para compras não se apresenta oportuno. Em setembro de 2018, porém, esse porcentual era maior: 42,5%.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES