Publicidade
Brasileirão

Inter bate o CSA e mantém 100% de aproveitamento em casa no Brasileiro

(Foto: Reprodução/TV)

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Internacional manteve 100% de aproveitamento em casa no Brasileiro ao bater o CSA por 2 a 0, neste domingo (19), pela quinta rodada da competição. Com gols de Nonato e Edenílson, o Colorado venceu a segunda seguida.

O time gaúcho soma nove pontos e pulou para o quinto lugar. A posição, porém, depende da conclusão da rodada. Na próxima quinta-feira, o Paysandu será adversário pelas oitavas de final da Copa do Brasil, no Beira-Rio. No fim de semana o rival será o Santos, fora de casa. Já o CSA ainda não venceu no campeonato, tem três pontos e está em 17º, mas ainda pode cair na tabela ao fim da rodada. O time alagoano tem o Goiás como próximo adversário.

Aos 14 minutos de jogo, Rodrigo Moledo tentou evitar uma conclusão do adversário e levou azar. Um carrinho terminou em choque com Marcelo Lomba e de quebra o zagueiro do Colorado ainda se machucou, precisando ser substituído para entrada de Emerson Santos. O goleiro, que também sofreu com a batida, ficou em campo, mas precisou de atendimento médico em razão de um corte no queixo.

O Internacional sofreu para penetrar na defesa do CSA. Com o time alagoano bastante fechado, sobraram cruzamentos e a primeira conclusão com algum perigo levou 20 minutos para acontecer. A partir deste período do jogo, o Colorado manteve domínio das ações ofensivas e não demorou a abrir o placar.

O CSA recuou suas linhas e apostou no contra-ataque. A postura esperada gerou alguns problemas ao Colorado. Logo no início do jogo, os alagoanos frequentaram as cercanias da área, concluíram e pararam em Marcelo Lomba, que realizou ao menos duas defesas difíceis. Mas, com o crescimento do Inter ocorrido em seguida, as oportunidades diminuíram.

O Internacional começou encontrando dificuldades. Mas aos poucos assumiu o comando do jogo e abriu o placar aos 36 minutos do primeiro tempo com Nonato. E faria o segundo, com Cuesta, aos 46 da primeira etapa, porém, o árbitro anulou o lance após participação do VAR. O CSA cresceu na etapa final, mas Edenílson, aos 19 do segundo tempo, definiu o jogo ao marcar o segundo.

INTERNACIONAL

Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo (Emerson Santos), Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Nonato, Nico López (Neilton) e D'Alessandro (Sarrafiore); Paolo Guerrero.

T.: Odair Hellmann

CSA

Jordi; Apodi, Gerson, Luciano Castán e Carlinhos; Nilton (Vítor Paraíba), Naldo, Didira, Matheus Sávio (Gersinho) e Madson (Maranhão); Patrick Fabiano.

T.: Marcelo Cabo

Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda

Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Correa e Carlos Henrique de Lima Filho

Público/Renda: 27.194 (total)/R$ 826.205,00

Cartões amarelos: Jordi, Luciano Castán, Nilton (CSA); Zeca, Cuesta (INT);

Gols: Nonato (INT), aos 36 minutos do primeiro tempo; Edenílson (INT), aos 19 minutos do segundo tempo.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES