Publicidade
Copa do Brasil

Invicto como visitante, Paraná decide vaga com o Londrina, que vai mal em casa

Londrina 1 x 2 Paraná Clube, em 10 de fevereiro
Londrina 1 x 2 Paraná Clube, em 10 de fevereiro (Foto: Divulgação/LEC/Gustavo Oliveira)

Paraná Clube e Londrina decidem nesta terça-feira (dia 19) uma vaga na terceira fase da Copa do Brasil de 2019. O duelo será às 19h15, no Estádio do Café, pela segunda fase. A disputa ocorre em jogo único. Em caso de empate, a decisão será nos pênaltis.

O mando de campo foi definido por sorteio. O Londrina, porém, não tem muito o que comemorar. Em 2018, só conseguiu uma vitória em casa: 3 a 1 sobre o Rio Branco, vice-lanterna do Campeonato Paranaense. Nos outros dois jogos como mandante, o Tubarão perdeu para o FC Cascavel (3 a 1) e para o Paraná Clube (2 a 1).

O Paraná está invicto fora de casa em 2018, com dois empates (com Toledo e Maringá) e duas vitórias (sobre Itabaiana e Londrina).

ESCALAÇÃO DO PARANÁ
Paraná e Londrina não jogam desde 10 de fevereiro. A última vez que entraram em campo, aliás, foi no confronto entre os dois pelo Campeonato Paranaense. O time da capital venceu por 2 a 1.

Nesses nove dias de intervalo, o técnico do Paraná, Dado Cavalcanti, só ganhou um reforço. O goleiro Alisson, ex-Figueirense, está registrado e ficará no banco na partida desta terça-feira.

O treinador continua sem contar com o atacante Rodrigo Carioca, lesionado, e agora perdeu o meia Maicosuel, que vinha entrando bem em todas as partidas. Maicosuel, 32 anos, sofreu um edema muscular e não viajou com a delegação para Londrina. O ponta Andrey está suspenso nesta partida. Ele foi punido com dois jogos pelo STJD, devido a expulsão na última rodada do Brasileirão 2018.

Com isso, o Paraná só deve ter uma mudança na escalação da vitória sobre o Londrina, com Caio Rangel entrando na vaga de Andrey. Outra opção para o lugar dele é Jhemerson.

ESCALAÇÃO DO LONDRINA
O Londrina pode ter três mudanças em relação ao último jogo. O técnico Alemão deve escalar Augusto na zaga e Luidy no ataque. As duas mudanças são por questões técnicas e táticas. Os jogadores entram nas vagas de Marcondes e Marcelinho.

No setor ofensivo, o treinador pede Matheus Bianqui, lesionado. Marcinho é o favorito para ser o titular. Luquinha também disputa essa posição.

Os ingressos custam R$ 60 (R$ 30 meia) para arquibancada e R$ 90 (R$ 45 meia) para o setor coberto.

PREMIAÇÃO
Na terceira fase, o vencedor do duelo Paraná Clube x Londrina vai enfrentar quem avançar no confronto entre Tombense-MG x Botafogo-PB. Na Copa do Brasil, o Paraná já acumulou R$ 1,15 milhão (R$ 525 mil por participar da primeira fase e mais R$ 625 mil pela segunda). Se passar pelo Londrina, vai faturar mais R$ 1,45 milhão e acumular R$ 2,6 milhões.

Cotas da Copa do Brasil 2019
1ª fase (80 clubes): R$ 1,05 milhão (Grupo 1), R$ 920 mil (Grupo 2) e R$ 525 mil (Grupo 3)
2ª fase (40 clubes): R$ 1,25 milhão (Grupo 1), R$ 990 mil (Grupo 2) e R$ 625 mil (Grupo 3)
3ª fase (20 clubes): R$ 1,45 milhão
4ª fase (10 clubes): R$ 1,9 milhão
Oitavas de final (16 clubes): R$ 2,5 milhões
Quartas de final (8 clubes): R$ 3,15 milhões
Semifinal (4 clubes): R$ 6,7 milhões
Vice-campeão: R$ 21 milhões
Campeão: R$ 52 milhões

Grupo 1: Santos, Corinthians, Chapecoense, Botafogo, Fluminense, Vasco e Bahia (15 primeiros colocados do ranking da CBF na primeira fase)
Grupo 2: Demais clubes da Série A 2019 (Avaí, Ceará, Goiás e CSA)
Grupo 3: Demais clubes

LONDRINA x PARANÁ
Londrina: Alan; Raí Ramos, Augusto, Silvio e Felipe; Germano, Rômulo e Marcinho (Luquinha); Luidy, Uelber e Anderson Oliveira. Técnico: Alemão
Paraná: Thiago Rodrigues; Eder Sciola, Fernando Timbó, Rodolfo e Guilherme Santos; Luiz Otávio e Fernando Neto; Caio Rangel (Jhemerson), Higor Leite e Alesson; Jenison. Técnico: Dado Cavalcanti
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Local: Estádio do Café, em Londrina, terça-feira às 19h15

DESTAQUES DOS EDITORES