Publicidade
Mercado da bola

João Vitor deixa o Coritiba, que busca reforço no Oeste

João Vitor: sem contrato
João Vitor: sem contrato (Foto: Divulgação/Coritiba)

O Coritiba perdeu o volante João Vitor, 30 anos. O jogador estava desde janeiro no clube paranaense, emprestado pela Ponte Preta. O salário dele era dividido: 50% pagos pelo Coxa e 50% pelo clube de Campinas.

O jogador conseguiu rescisão contratual com a Ponte Preta via judicial, alegando que o clube paulista não pagou seus salários em 2019. Com isso, ele está livre no mercado, sem vínculo com outro clube.

Diante da situação, o Coritiba tentou contratar o jogador, apresentando uma proposta de dois anos de contrato. O jogador fez uma contra-proposta com valor considerado alto pela diretoria e, até o momento, não houve acordo.

João Vitor ainda não está descartado pelo Coritiba e as negociações podem ser retomadas nos próximos dias.

O volante é o segundo jogador do Coritiba que mais atuou em 2019, presente em 15 das 16 partidas da temporada. Só o zagueiro Alan Costa, com 16 jogos, supera João Vitor.

REFORÇO
A diretoria do Coritiba já vinha buscando volantes no mercado desde o início do ano, pois conta apenas com Vitor Carvalho e Elyeser para a função. O meia Matheus Bueno também tem atuado como volante desde o final de 2018.

O nome do momento é o volante Marciel, 24 anos, que disputou o Paulistão pelo Oeste. O jogador pertence ao Corinthians e pode chegar por empréstimo ao Coritiba.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES