Copa Sul-Americana

Jogador uruguaio do Athletico reencontra palco da final da 'Sula': ‘vai ser muito lindo’

Terans, do Athletico: “Temos feito um grande trabalho para conseguir o título”
Terans, do Athletico: “Temos feito um grande trabalho para conseguir o título” (Foto: Franklin de Freitas)

O meia David Terans, do Athletico, comentou nesta sexta-feira (19) sobre a perspectiva de jogar a final da Copa Sul-Americana no Uruguai, seu país-natal. Neste sábado (20), o Athletico duela contra o Bragantino, na decisão do título da “Sula”, em jogo único no estádio Centenário, em Montevidéu.

“A última vez que joguei aqui, marquei um gol. Isso foi muito importante. Dá confiança”, disse Terans, nesta sexta-feira, em entrevista coletiva no estádio Centenário. O jogador se transferiu neste ano do Peñarol (Uruguai) para o Athletico.

O estádio Centenário, palco da final, foi erguido em 1930 para a Copa do Mundo e preserva quase tudo da estrutura original. “É um estádio com história. Jogar a final aqui para mim é muito lindo” afirmou. “Temos feito um grande trabalho para conseguir o título, vai ser muito lindo”.

Terans afirma que está lado a lado com grandes jogadores. “É muito importante estar com jogadores vencedores. Isso acontece desde o momento que cheguei”, disse ele. “Todos querer fazer as coisas muito bem. Isso é importante”.

O uruguaio admitiu que o Athletico possui um time mais experiente que o Bragantino, tanto na média de idade dos jogadores quanto em rodagem internacional – o time paranaense está em sua terceira final continental e a equipe paulista, em sua primeira. “Eles podem ser um time mais novo, mas têm muita qualidade. Estão na final”, afirou Terans. “Se temos jogadores experientes, sabemos da qualidade deles. A gente está preparado para fazer um grande jogo e conseguir o título”.