Publicidade

Jogadores do Corinthians confiam em gol no Maracanã para garantir classificação

Após o empate por 0 a 0 com o Fluminense nesta quinta-feira, em casa, o Corinthians será obrigado a fazer pelo menos um gol na partida de volta das quartas de final para avançar na Copa Sul-Americana, na quinta que vem, no Maracanã. De acordo com o regulamento do torneio, o gol fora vale como critério de desempate.

Assim, um empate por 1 a 1, por exemplo, classifica o time paulista. Nova igualdade sem gols leva a decisão da vaga na semifinal para os pênaltis. Quem vencer estará classificado para enfrentar o Independiente del Valle, do Equador.

"A gente sabe que não é o resultado que a gente esperava, mas conseguimos criar as melhores chances. Agora precisamos ter tranquilidade e buscar um gol fora, que pode ser importante para a classificação", disse o lateral Fagner, ainda no gramado da Arena Corinthians.

Parte dessas dificuldades que o Corinthians enfrentou foram criadas pelo rival, que fez grande partida defensiva. Sob o comando interino do auxiliar Marcão, o time utilizou duas linhas com quatro jogadores recuadas ao se defender. No ataque alternou saídas cadenciadas com ligações mais rápidas. Com isso, fez jogo equilibrado.

Carille começou com a partida com Mateus Vital no meio e Vagner Love no ataque, mas voltou atrás no segundo tempo, colocando Boselli e Jadson. No final do jogo, o time chegou a ter dois centroavantes, quando o treinador escalou também Gustavo, que acertou uma cabeçada no travessão aos 46 minutos do segundo tempo. "O Fluminense veio para apostar o contra-ataque. Eles devem propor o jogo na semana que vem e teremos mais espaço", analisou o volante Gabriel.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES