Publicidade
Até dezembro

Jogos da Aventura e Natureza mudam a rotina do Litoral. Confira a programação

(Foto: AEN)

Mais de 12 mil atletas vão passar pelo Paraná nos próximos 5 meses. Divididos em 29 modalidades, eles irão percorrer 26 municípios do Estado, de ponta a ponta, durante a disputa da 1ª edição dos Jogos de Aventura e Natureza, entre agosto e dezembro.

A cerimônia de abertura da competição será neste sábado (10), em Matinhos, com a presença do governador Carlos Massa Ratinho Junior. Neste fim de semana haverá competições de ciclismo, body boarding, beach soccer e paraquedismo.

Iniciativa pioneira no Brasil em formato e abrangência, os Jogos misturam esporte e turismo, além de fomentar a economia de diversas regiões.

De acordo com a Esporte Paraná, órgão do Governo do Estado, o investimento foi de R$ 4,5 milhões, com expectativa de gerar receitas até quatro vezes maiores para as cidades. “Queremos que o Paraná seja ativo e vivo, que estimule as pessoas a curtirem a beleza natural e a vida saudável”, afirma Ratinho Junior.

A disputa começou a mudar a cara das cidades envolvidas mesmo antes da largada, especialmente do Litoral, palco da primeira de cinco etapas. Período considerado “morto” para os municípios por causa do fim das férias, inverno e da ausência de feriado, agosto ganhou um novo ritmo na região.

O prefeito de Matinhos, Ruy Hauer, conta que os moradores estão ansiosos para acompanhar as provas e participar das clínicas de modalidades como stand up paddle, escalada, rugby, skate e slackline. Os comerciantes, diz ele, esqueceram o tradicional recesso e deixaram abertos restaurantes, pousadas e hotéis na expectativa de muito movimento. “A expectativa é enorme. Os Jogos vão movimentar não só o Litoral, mas o Paraná por inteiro. Queremos que comece logo”, destaca.

“Nunca foi feito tanto no Litoral em tão pouco tempo”, acrescenta Helio Wirbiski, presidente da Esporte Paraná, citando o desenvolvimento da região como uma das prioridades do Governo do Estado.

O lado esportivo também está bem otimista. A expectativa da Esporte Paraná é que a fase inicial da competição movimente em torno de 20 mil pessoas – 2,5 mil atletas. “Serão 600 pessoas apenas na disputa da corrida de rua. A inscrição abriu e fechou em 30 minutos”, diz Wirbiski.

A atleta Gabrielle Lemes, de Triathlon, enaltece a oportunidade de um calendário mais extenso durante o ano. “É uma ideia muito legal. Atualmente nós só temos os Jogos Escolares e agora vamos poder divulgar melhor nossa modalidade”, disse ela. O Triathlon envolve natação, ciclismo e corrida.

TURISMO – Outro objetivo dos Jogos, reforça o governador Ratinho Junior, é fazer com que o esporte seja uma ferramenta para divulgar também as riquezas naturais do Paraná, estimular os paranaenses a conhecerem as atrações, chamar turistas brasileiros e estrangeiros. Está incluído nas iniciativas do Governo do Estado para transformar o turismo em uma das principais matrizes econômicas do Estado.

“O desenvolvimento deste setor é a forma mais barata de ampliar a geração de empregos. O Paraná nunca trabalhou o turismo de forma organizada e planejada, nunca usou seu potencial para fazer desse setor uma grande matriz econômica”, enfatiza o governador.

Segundo Helio Wirbiski, é uma ação intersetorial, além da área de esporte e educação, atuam o Desenvolvimento Sustentável e Turismo, a Comunicação Social e Cultura, a Copel, Sanepar, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros.

Em cada etapa haverá shows de bandas e artistas locais, com atividades de recreação, culturais, de lazer e saúde. Na abertura, acontecem shows da Banda Que Voa, Milk N’ Blues e Denorex 80.

CALENDÁRIO – Depois da abertura dos Jogos de Aventura e Natureza no Litoral, entre os dias 10 e 18 de agosto, os Jogos de Aventura e Natureza no Litoral se mudam para a Região dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, no Oeste.

De 7 a 15 de setembro, será entre Guaíra e Entre Rios do Oeste. A terceira etapa, também no Oeste, será de 28 de setembro a 06 de outubro, entre Santa Helena e Foz do Iguaçu.

Depois disso, os Jogos voltam para o Litoral para a quarta fase, de 19 a 27 de outubro. O programa de competições será fechado em dezembro, na região conhecida como Angra Doce, no Norte Pioneiro, de 23 de novembro a 1º de dezembro.

CIDADES – São abrangidos pelos Jogos de Aventura e Natureza 26 municípios. No Litoral: Antonina, Guaratuba, Matinhos, Morretes, Paranaguá e Pontal do Paraná.

Na Região Angra Doce, Siqueira Campos, Salto do Itararé, Carlópolis, Ribeirão Claro e Jacarezinho.

Na região dos Municípios Lindeiros, Diamante D’Oeste, Entre Rios do Oeste, Foz do Iguaçu, Guaíra, Itaipulândia, Marechal Cândido Rondon, Medianeira, Mercedes, Missal, Pato Bragado, Santa Helena, Santa Terezinha do Itaipu, São José das Plameiras, São Miguel do Iguaçu e Terra Roxa.

 

Jogos preveem programação extensa para a comunidade

 

Além das clínicas esportivas, a agenda deste sábado (10) terá diversas atrações para a população local. A programação prevê voo de balão; parede de escalada, com tirolesa; simulador de parapente; feira da agroindústria familiar, promovida pela Emater; praça de alimentação, com foodtrucks; van do turismo e clínicas esportivas.

Serão realizadas também ao longo do dia competição de Beach Soccer, atividades de educação ambiental e ação de plantio de árvores, realizadas pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo.

Haverá ainda a participação de grupos de jipes e motociclistas, modalidades de apresentação, premiação da corrida Cross Country e Montain Bike, além da chegada da Caminhada da Natureza, atividade desenvolvida pela Emater e aberta para a comunidade.

A preservação e sustentabilidade também serão discutidos. No sábado (10) ocorrem oficinas de sustentabilidade e de gerenciamento de riscos das atividades de turismo e aventura, além de palestra sobre ecoturismo e turismo de aventura. Estas ações são realizadas pelo Sebrae e pela Paraná Turismo.

A programação do dia ainda prevê uma oficina e feira de robótica, organizada pela Celepar e Escola Municipal Durival de Britto; oficina de uso de smartphone para a terceira idade, também da Celepar e atividades de escotismo, que serão realizadas pela União dos Escoteiros do Brasil e do Paraná.

 

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES