Saúde

Joias e anéis podem esconder microrganismos

(Foto: Reprodução/PMP)

Muita gente imagina que usar o álcool gel é um cuidado que surgiu só agora com a pandemia do Covid-19. Lego engano, manter as mãos limpas é uma maneira simples e eficaz de prevenir várias doenças e infecções como diarreia, viroses respiratórias, conjuntivite, gripe convencional e H1N1, entre outras enfermidades.

A Organização Mundial de Saúde afirma que lavar bem as mãos com água e sabão, associado com o uso do álcool em gel, é uma ação isolada considerada super eficaz para reduzir infecções. Isso porque usamos as mãos praticamente para tudo o que fazemos e a pele é um reservatório de diversos microrganismos. Um cuidado a mais que se deve adotar ao higienizar as mãos com álcool em gel Seption-Free, por exemplo, é retirar joias, como anéis, porque, frequentemente, sob esses objetos, acumulam-se microrganismos.

As mãos são um veículo eficiente para a transmissão de infecções e bactérias e podem ser contaminadas pelo contato com superfícies como maçanetas, objetos compartilhados, como dinheiro e máquinas de cartão. Por meio do contato direto (pele com pele) ou indireto (toque em objetos e superfícies contaminadas), esses microrganismos podem se transferir de uma superfície para outra.

É importante passar o álcool em gel sem pressa, em torno de 20 e 30 segundos. Deve-se colocar uma quantidade suficiente em uma mão em forma de concha, de maneira a cobrir toda a superfície das mãos, friccioná-las bem e espalhar o álcool em gel entre os dedos e polegar, nas pontas dos dedos e embaixo das unhas. No final desse processo, deixá-las úmidas.

Recomenda-se adquirir álcool em gel somente de fontes seguras e verificar se o produto tem registro na Anvisa. Quando o produto tem o número de processo da Anvisa impresso no rótulo significa que tem comprovação de eficácia, segurança e foi fabricado por indústria que atende às leis e legislações vigentes para a Boas Práticas de Fabricação de Cosméticos. O controle de qualidade envolve todo o processo produtivo, as matérias-primas utilizadas e as embalagens. O álcool em gel só será eficaz no combate contra vírus e bactérias se estiver em conformidade com as especificações técnicas (ativo álcool 70%).

Uma das boas opções no mercado para quem precisa ter álcool em gel sempre às mãos é o Seption-Free pocket de 60 ml, que contém agentes emolientes que deixam as mãos mais macias e hidratadas. Produzido pela Greenwood, que atua há mais de 50 anos no mercado, o produto é super prático, de fácil aplicação e não é pegajoso. Está disponível nas versões Crystal (sem perfume) e suavemente perfumada Flor de Cerejeira. Pode ser encontrado na loja virtual www.fioruccioficial.com.br, além de várias perfumarias e drogarias de lojas de departamento de todo Brasil.


Rita Modesto é Responsável Técnica da Greenwood