Rodovias

Justiça autoriza reajuste de 7,6% nos pedágios da Ecocataratas

Ecocataratas: concessionária alegou prejuízo de R$ 130 milhões
Ecocataratas: concessionária alegou prejuízo de R$ 130 milhões (Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

O juiz Sérgio Renato Tejada Garcia, do Tribunal Regional Federal da 4ª região, reajuste de 7,6% nas tarifas do pedágio cobradas pela concessionária Ecocataratas, que administra cinco praças de pedágio na BR-277 na região Oeste do Estado. A decisão suspende os efeitos da resolução da Agência Reguladora do Paraná (Agepar), que havia determinado a suspensão do aumento previsto o próximo mês de dezembro.

Leia mais no blog Política em Debate