Publicidade
Severiano ao contrário

Justiça decreta prisão de ex-presidente da Federação Paranaense de Futebol

Onaireves Moura em 2007
Onaireves Moura em 2007 (Foto: Franklin de Freitas)

A Justiça Criminal do Paraná determinou nessa semana a prisão de Onaireves Moura, ex-presidente do Athletico e da Federação Paranaense de Futebol (FPF) entre os anos 90 e 2000. Ele também foi deputado estadual eleito pelo PTB-PR em 1990 e teve o mandato cassado em 1993.

Moura foi condenado a 22 anos, 4 meses e 12 dias em regime fechado por formação de quadrilha, apropriação indébita e estelionato. Não cabe mais recurso sobre a condenação. O crime foi denunciado em 2007 e ele foi preso à época, mas conseguiu habeas corpus. Era a segunda prisão de Moura, que foi para a cadeia também no ano 2000.

Após a prisão em 2007, Moura deixou a presidência da FPF depois de 22 anos, com a presidência sendo assumida por Hélio Cury, presidente há 12 anos.

A Polícia agora busca por Moura para executar a prisão, já que não o encontrou nos endereços que tem em sua base de dados em Curitiba. O mandado de prisão é nacional e válido até 2027.

Onaireves Moura também presidiu o Athletico entre 1982 e 1983, ganhando o bicampeonato Paranaense e levando o Furacão até as semifinais do Brasileiro daquele ano, com Washington, Assis e Roberto Costa no time, entre outros. Moura também levou o Athletico para o Estádio Pinheirão, então de posse da FPF, que seria "o Maracanã do Paraná". A obra nunca foi terminada.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES