Publicidade
Crise do Coronavírus

Justiça diz que não há veto e academias começam a reabrir em Curitiba

Academia Olympus aguarda uma posição oficial para reabrir
Academia Olympus aguarda uma posição oficial para reabrir (Foto: Franklin de Freitas)

A pressão pela retomada da atividade econômica em Curitiba aumenta a cada dia. Depois dos shoppings da cidade garantirem estar prontos para voltarem a funcionar em meio à pandemia de coronavírus, agora são as academias que estão retomando a atividade — algumas, inclusive, já haviam voltado a receber os alunos no começo da semana.

A tendência é que nos próximos dias o movimento de reabertura das academias se intensifique. O Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), em decisão da última sexta-feira, considerou que não há, legalmente, qualquer tipo de empecilho para o funcionamento dessas empresas, já que os órgãos públicos apenas orientaram as atividades consideradas não essenciais a não funcionarem.

Ainda assim, muitas academias hesitam sobre como proceder agora. A rede Corpus, por exemplo, disse por meio de nota que irá “aguardar autorização das autoridades competentes ou algum respaldo jurídico”. Já a Academia Olympus seguirá pelo mesmo caminho e lamenta a falta de clareza por parte dos órgãos públicos neste momento.

“Um diz que pode reabrir, outro diz que é para fechar. Está complicado e ficamos com medo. Estamos esperando e pedimos para que as autoridades nos vejam com outros olhos, que a gente consiga voltar pro nosso trabalho. É o que todos os profissionais pedem, só voltar a trabalhar”, afirma Arnaldo Alves de Paula, da Academia Olympus, afirmando não saber se sua academia suportaria mais dois ou três meses fechada. “Queimamos a gordura que tinha e não tivemos amparo de órgão nenhum. Procuramos saber, tentar alguma assistência, crédito para academias pequenas, mas não encontramos. A dificuldade está até maior [para conseguir crédito]”, reclama.

Outros — Nesta semana outras atividades retomaram o atendimento presencial. Inclusive órgãos oficiais do Estado. Na terça-feira, a Sanepar reabriu o atendimento presencial ao público. O horário de atendimento ao público obedece a decretos de cada município sobre funcionamento das atividades.

Também nesta semana, as unidades do Sesc PR que possuem Serviços de Alimentação reiniciaram os atendimentos parciais dos restaurantes e lanchonetes, após paralisação das atividades como medida preventiva no combate ao Covid-19. O retorno dos serviços ocorrerá de forma gradativa.
Na terça-feira, o Restaurante Madalosso reabriu em Santa Felicidade. O anúncio foi feito pelo prefeito Rafael Greca.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES