Em Caxias do Sul

Operário perde para o Juventude, que entra na briga pelo G-4 da Série B

O Juventude voltou a vencer após duas derrotas seguidas e volta a brigar por um espaço dentro do G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Jogando no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), o time da casa bateu o Operário-PR por 1 a 0, pela 12ª rodada.

A vitória levou o Juventude aos 19 pontos, alcançando a quarta colocação. No entanto, a rodada ainda prossegue com mais partidas e outras equipes podem retomar a posição. O Operário, com dois pontos a menos (17), perde uma boa oportunidade de se aproximar da briga pelas primeiras posições.

O jogo começou movimentado e o Operário teve grande chance de abrir o placar aos 16 minutos, quando Igor colocou a mão na bola dentro da área e o árbitro marcou pênalti. No entanto, o experiente Roger bateu fraco e o goleiro Marcelo Carné defendeu ao encaixar a bola no lado direito e no chão.

O centroavante do Operário ainda teve mais uma grande chance antes do intervalo, quando recebeu sozinho contra o goleiro, mas adiantou demais a bola e permitiu que Carné se antecipasse para afastar o perigo.

No entanto, quem abriu o placar foi o Juventude. Aos 18 minutos da segunda etapa, Wagner cruzou da esquerda e Dalberto se antecipou à marcação para tocar de cabeça para o fundo do gol.

Com o gol, o time da casa cresceu na partida e ainda teve chances de ampliar o placar, mas parou em boas defesas do goleiro Tiago Braga. Mesmo assim, o gol solitário de Dalberto foi suficiente para garantir a vitória pela diferença mínima.

O Operário volta a campo na próxima sexta-feira, quando recebe o Vitória no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR), pela 13ª rodada da Série B. No sábado, o Juventude visita a Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

FICHA TÉCNICA:

JUVENTUDE 1 x 0 OPERÁRIO

JUVENTUDE - Marcelo Carné; Igor, Wellington, Augusto e Eltinho; João Paulo, Gustavo Bochecha e Renato Cajá (Wagner); Capixaba (Marciel), Dalberto (Rafael Silva) e Breno Lopes (Roberto). Técnico: Pintado.

OPERÁRIO - Tiago Braga; Sávio, Bonfim, Juan Sosa e Fabiano; Pedro Ken (Mazinho), Marcelo (Clayton), Jean Carlo (Maranhão) (Rafael Chorão) e Tomas Bastos; Lucas Batatinha e Roger (Schumacher). Técnico: Gerson Gusmão.

GOL - Dalberto, aos 18 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Roberto (Juventude); Pedro Ken e Schumacher (Operário).

ÁRBITRO - Antônio Dib Moraes de Sousa (PI).

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).