Juventude e Ceará se enfrentam para encerrar jejum e fugir dos últimos lugares

Juventude e Ceará entram em campo neste sábado, às 17h, para um duelo contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Jogando em casa, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), os gaúchos contam com a estreia do técnico Jair Ventura nesta 28ª rodada para encerrar sequência de cinco jogos sem vitória. Os cearenses, apesar de estarem um pouco melhores na tabela, tentam derrubar o mesmo tabu.

A última vitória do Juventude ocorreu contra o Santos, em casa, por 3 a 0, em 26 de setembro. De lá para cá, foram três derrotas, contra Sport, Flamengo e Grêmio, e dois empates, contra Palmeiras e América-MG, que acabou com a demissão de Marquinhos Santos. Com 28 pontos, o time gaúcho abre o Z4 na 17ª colocação.

O Ceará está um pouco melhor, pois tem 31 pontos em 14º lugar. Mesmo assim, a situação é parecida, porque o último triunfo ocorreu em 25 de setembro ao bater a lanterna Chapecoense por 1 a 0. Depois disso, foram duas derrotas, contra Atlético-MG e Palmeiras, e três empates, contra Internacional, São Paulo e Red Bull Bragantino.

A principal mudança no Juventude fica por conta da estreia de Jair Ventura. Em seu primeiro jogo, terá desfalques para montar o time. Isso porque o meia Wagner e o atacante Ricardo Bueno estão entregues ao departamento médico. Além disso, o meia Wescley pertence ao Ceará e não joga por questão contratual.

A boa notícia é que o meia Guilherme Castilho foi absolvido em julgamento após ser expulso e será titular. Com pouco tempo para treinar, não é provável que Ventura mude o sistema do Juventude. Aliás, ele afirmou que isso não é o principal. "Eu vim para fazer o melhor. Eu não quero o Juventude com a minha cara, mas o Juventude com cara de Juventude. A competitividade, a raça e a entrega são obrigações. O momento não é de modelo de jogo, mas sim de dar resultados ao Juventude."

O técnico Tiago Nunes tem uma baixa certa para montar a escalação, porque o meia Vina levou o terceiro cartão amarelo e cumpre suspensão. O atacante Jael, mesmo com vários pontos na testa após ter o rosto atingido no jogo contra o Palmeiras, viajou com a delegação.

Buiu, Vitor Jacaré e Wendson seguem no departamento médico. A boa notícia fica por conta do retorno do lateral-esquerdo Bruno Pacheco, que volta após suspensão. Outra novidade deve ser no meio-campo, com a volta de Lima como titular.

Tiago Nunes lamentou os jogos atrasados, por trazer sobrecarga aos jogadores e afirmou que o objetivo do Ceará segue sendo a permanência. "O primeiro objetivo é alcançar a pontuação para a permanência e só depois buscar outros objetivos. Vamos enfrentar um adversário que teve toda a semana para se preparar. O Ceará está jogando contra tudo e contra todos neste momento. Para afastar esse fantasma do rebaixamento é a vitória, somar pontos sempre", reforçou.