Publicidade

Kanye West se apresenta em penitenciárias dos Estados Unidos

Kanye West fez apresentações musicais em duas penitenciárias de Houston, cidade norte-americana no Estado do Texas, na sexta-feira, 15. Escondido do público, o rapper que virou cantor gospel entoou canções do novo álbum Jesus is King, lançado em outubro deste ano.

A iniciativa dele segue os passos de Johnny Cash, cantor e compositor que após se reabilitar da dependência química, gravou um dos álbuns mais famosos de sua carreira, Johnny Cash at Folsom Prison.

A obra é fruto de dois shows que ele realizou na Prisão Estadual de Folsom, na Califórnia, dando origem ao álbum de 15 faixas. Cash morreu em 2003, aos 71 anos, por causa de complicações da diabete.

West e seu coral se apresentaram para mais de 200 internos do sexo masculino e depois foram até outro presídio, do outro lado da rua, para cantar diante de um público menor de mulheres.

O xerife do condado de Harris, Ed Gonzalez, disse que os representantes de West pediram às autoridades da prisão para que fizessem os shows de forma secreta.

As performances foram realizadas dois dias antes de o cantor falar na vasta igreja de Joel Osteen em Lakewood, também em Houston.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES