Lanterna, Oeste bate Avaí na Ressacada e ganha sobrevida na Série B

O Oeste ganhou um fôlego a mais na luta contra o rebaixamento. Na noite desta segunda-feira, no estádio da Ressacada, pela 25.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o time paulista derrotou o Avaí por 3 a 0 e colocou o técnico Geninho na "corda bamba".

Apesar da vitória, o Oeste continua na lanterna com apenas 15 pontos, contra 28 do Cruzeiro, o primeiro fora da zona de rebaixamento. O time paulista ainda busca uma sequência improvável de triunfos para sair dessa situação. Já o Avaí perdeu a chance de se aproximar do G4 e ficou estacionado em sétimo, com 36. Em quarto, o Juventude tem 40.

O Avaí entrou em campo desligado e foi dominado pelo Oeste no primeiro tempo. Lanterna da Série B e virtualmente rebaixado, o time paulista criou as principais chances de gol. Logo aos 18 minutos, Pedrinho recebeu de Gustavo Salomão e chutou cruzado para defesa de Glédson. A resposta foi com Romulo. O chute do atacante parou em Caíque França.

O time catarinense mostrou muito dificuldade na criação e dependeu de lampejos de seus atacantes para ameaçar. Caíque França ainda fez uma defesa no arremate de Getúlio, enquanto Fábio ameaçou do outro lado. O Oeste, no entanto, teve mais volume, mas também se atrapalhou com sua falta de criatividade.

No segundo tempo, o Avaí voltou ainda mais desligado e acabou sendo castigado. Aos dois minutos, Gustavo Salomão deu passe açucarado para Pedrinho, que tocou na saída de Glédson. O gol abalou ainda mais o time da casa e o jogo se transformou em ataque contra defesa.

Melhor para o Oeste que fez o segundo aos 13 minutos. Pedrinho avançou em liberdade e deu uma cavadinha para superar o goleiro Gledson: 2 a 0. O mesmo Pedrinho fez o terceiro, aos 27. O atacante recebeu belo passe de Matheus Rocha e só teve o trabalho de empurrar às redes.

Nos minutos finais, o Oeste tirou o pé e começou a administrar a vantagem. O Avaí, então, tentou marcar ao menos um gol, mas, na melhor chance, Valdivia acabou acertando o travessão.

Na próxima rodada, o Avaí enfrenta o Operário-PR na quinta-feira, às 21h30, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa. No mesmo dia, às 16 horas, o Oeste recebe o Guarani na Arena Barueri.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 0 X 3 OESTE

AVAÍ - Glédson; Fagner Alemão (Luan Silva), Alan Costa, Airton e João Lucas (Iury); Ralf (Leandrinho), Jean e Pedro Castro (Valdivia); Romulo, Rodrigão e Getúlio (Rildo). Técnico: Geninho.

OESTE - Caíque França; Matheus Rocha (Éder Sciola), Vitão, Caetano e Gustavo Salomão; Lídio, Caio e Léo Ceará (De Paula); Bruno Lopes (Rael), Fábio (Bruno Alves) e Pedrinho (Kauã). Técnico: Roberto Cavalo.

GOLS - Fábio, aos três, e Pedrinho, aos 13 e aos 27 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Leonardo Sígari Zanon (PR).

CARTÕES AMARELOS - Fagner Alemão (Avaí); Matheus Rocha e Fábio (Oeste).

LOCAL - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).