Publicidade
Brasileirão

Laterais evoluem e contribuem para "muralha" defensiva do Paraná Clube 

Laterais evoluem e contribuem para
O lateral-direito Junior: líder em desarmes e interceptações (Foto: Geraldo Bubniak)

O Paraná Clube iniciou o Campeonato Brasileiro com a defesa vulnerável. Sofreu 11 gols nas cinco primeiras rodadas. Em seguida, o técnico Rogério Micale reformulou a equipe. Mudou jogadores, o esquema tático e o estilo de jogo. A partir de então, o time passou a contar com uma “muralha” defensiva: só sofreu três gols em sete rodadas. 

Entra na lista de alterações a troca dos dois laterais. Alemão e Mansur perderam espaço na equipe titular. Entraram Junior e Igor, dois remanescentes do time de 2017, que conseguiu o acesso à primeira divisão.

As estatísticas mostram a importância dos novos titulares das laterais. Os dois são os jogadores do Paraná com maior média de desarmes por jogo: Junior fez 3,4 por partida e Igor, 3,3. O volante Torito González é o terceiro, com 2,6. Os antigos titulares das laterais estão mais abaixo nesse ranking. Alemão fez 2,3 desarmes por partida e Mansur, 1,2. Os dados são do site inglês WhoScored, especializado em análise de desempenho.

Junior também é o líder do time em interceptações, com média de 3,1 por partida, empatado com o zagueiro Rayan.  
  
Outro número chama a atenção. Alemão é o jogador do Paraná mais vezes driblado na competição, com média de 2,2. Mansur começou mal a competição nesse quesito, mas se recuperou e é apenas o 10º do time nessa lista, com média de 1,0. Júnior é o oitavo, com 1,3. Igor é o 15º, com 0,8.

As estatísticas também mostram que os novos titulares cometem menos faltas. Igor (com média de 0,6) e Júnior (1,1) superam nesse quesito Alemão (1,5) e Mansur (2,0). 

No aspecto ofensivo, as trocas nas laterais também representaram uma evolução pelo lado direito, com Junior, mas não do lado esquerdo, com Igor.

Junior é o jogador do Paraná Clube com mais dribles certos, com média de 2,8 por jogo, superando até mesmo o ponta Silvinho, que tem 2,6. Além disso, Junior só erra 0,6 dribles por partida, enquanto Silvinho erra 2,0. O antigo titular da lateral-direita, Alemão, acertava 1,3 dribles por jogo e errava 0,3. Já Igor não se arriscou muito nesse tipo de jogada. Só tentou dois dribles em toda competição e errou os dois. 

O lado direito também contribui em outro quesito. Junior é o jogador mais “caçado” do Paraná em campo, com média de 2,5 faltas sofridas por partida, empatado com Torito González. 

Os novos titulares das laterais representaram ainda um avanço na precisão nas jogadas de fundo. Junior acerta 33% dos cruzamentos e Igor, 23%. Os velhos titulares ficam abaixo: Alemão com 16% e Mansur, com 6%. 
 

DESTAQUES DOS EDITORES