Publicidade
Câmara Federal

Líder do PSL ameaça ‘implodir Bolsonaro’

O líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (PSL-GO), afirmou em reunião interna da ala ligada ao presidente do partido, Luciano Bivar (PE), que vai “implodir” o presidente Jair Bolsonaro. O áudio do encontro, gravado por um dos presentes, foi obtido pelo jornal “O Estado de S. Paulo”. “Eu vou implodir o presidente. Aí eu mostro a gravação dele. Não tem conversa. Eu implodo ele. Eu sou o cara mais fiel. Acabou, cara. Eu sou o cara mais fiel a esse vagabundo. Eu andei no sol em 246 cidades para defender o nome desse vagabundo”, afirma Waldir.
Na reunião, ocorrida no fim da tarde no gabinete da liderança do PSL na Câmara, deputados relataram que estavam sendo pressionados por Bolsonaro a assinar uma lista para destituir Waldir e apoiar o nome de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como líder da bancada.
Na mesma gravação, o deputado federal paranaense aparece reclamando do tratamento que o presidente dá aos parlamentares do partido. “Ele que começou a fazer a putaria toda dizendo que todo mundo é corrupto, daí ele agora quer tomar a liderança do partido que ele só fala mal?. Se é jogo pesado...”, diz o paranaense.
“A gente foi tratado que nem cachorro desde ele ganhou a eleição, nunca atendeu a gente em porra nenhuma”, reclamou Francischini.
“Explode a bancada, fode todo mundo. (...) Daí a gente vai assinar a liderança pra ele e achar que tá tudo bem? Porra. O que que ele tá oferecendo? Ele só liga na hora que tá precisando de favor para foder com alguém”, cobra o parlamentar.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES