Publicidade
Paralisação

Lideranças dos caminhoneiros negam greve prevista para o dia 30 de março

(Foto: Arquivo Bem Parana)

Mensages pela internet afirmando que haverá uma nova paralisação geral dos caminhoneiros no dia 30 de março, próximo sábado, têm circulado pelas redes sociais. No entanto, as lideranças da categoria negam a veracidade destas informações e reiteram haver a programação apenas de uma carreata para a data. De acordo com esses líderes o objetivo é chamar a atenção do governo para a insatisfação dos caminhoneiros. 

A suposta greve seria posta em prática por caminhoneiros autônomos de todo o Brasil em um movimento semelhante à greve geral de maio de 2018. "Se o Diesel não baixar do Brasil vai parar. Greve já", diz uma das páginas que apoia a paralisação.  Entre as lideranças da categoria, no entanto, não há greve marcada, só uma carreata no Paraná. 

A Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA), uma das instituições que liderou a greve no ano passado, nega ter articulado nenhuma paralisação para o próximo domingo.

Por meio de nota, a Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) também afirmou que não detectou uma proposta de paralisação entre seus membros e nem convocou uma nova greve geral.

DESTAQUES DOS EDITORES